Como falamos em maio, Nubia, a irmã da Mulher-Maravilha, vai ganhar uma graphic novel que chama Nubia: Real One. E em um painel especial com a autora L. L. McKinney e a ilustradora Robyn Smith, no DC FanDome, elas revelaram mais sobre a história e sua importância.

McKinney falou que pegou alguns pontos das histórias anteriores da heroína, mas também criou algo novo: “Se passa em seu próprio universo e é separado das versões que estão por ai há um tempo. Mas eu fui nas suas raízes, pré-Crise, em que ela é a irmã gêmea da Mulher-Maravilha. Elas foram feitas exatamente no mesmo momento e nada as diferencia no que diz respeito às suas habilidades”.

Mas não é apenas uma história de super-herói, Nubia: Real One tem assuntos muito importantes, e a própria autora disse que quando apresentou a ideia da história “tinha a proposta de falar o que significa ser preto nos Estados Unidos. E mesmo quando eu apresentei, que foi antes de tudo o que está acontecendo agora, ainda era um problema predominante”.

A história vai mostrar como ser um herói preto é diferente de ser branco. “Poder explorar a ideia de que mesmo sendo um super-heróis, heróis pretos vão ser tratados diferentes” McKinney começou dizendo. “Eles serão tratados diferentes pela mídia, pelas pessoas que eles salvam. Tem uma linha em que o Superman ou a Mulher-Maravilha aparecem e eles serão heróis, eu apareço e sou a vilã, não importa se estou salvando as pessoas ou tirando prédios de cima de alguém. Então é com isso a Nubia está lidando, por ter essas habilidade fantásticas que só aumentam a sua hipervisibilidade como uma garota negra”.

A irmã da Nubia aparece na história e em um momento emocionante, já que a Mulher-Maravilha vai entregar os braceletes para a irmã. Robyn disse que travou quando ficou sabendo que iria desenhar não apenas a Nubia, mas também a Diana: “Quando eu descobri eu senti que meu cérebro não conseguia processar aquilo. Eu fiquei tipo ‘Não estou entendendo o que você quer que eu faça’. Eu surtei um pouquinho”.

Para finalizar,  McKinney disse que a história ainda é de uma adolescente, que sai com seus amigos, tem seus crushs, se apaixona e tudo mais. “Não é sobre ela se tornando uma heroína, é sobre ela se tornar quem a Nubia é e aceitar quem ela é” explicou. E completou “Ela está na idade que tentamos descobrir quem somos como pessoas, tente descobrir o que quer fazer como uma super-heroína enquanto também tenta descobrir quem você é como pessoa. É muita coisa”.

Nubia: Real One está com lançamento previsto para 02 de fevereiro de 2021.

Sobre Gabriela

Gabriela Orsini

Jornalista formada na PUC-SP, fotógrafa por paixão, e bailarina por teimosia. Apaixonada pela DC desde pequenina, fangirl do Batman e da Batgirl. E da Ravena, como não ser. Sou uma devoradora de livros e cinéfila até que se prove contrário. Objetivo de vida: tirar uma foto decente com o Jason Momoa (um deles, apenas). Sonho de vida: conhecer todos os países do mundo.

Últimas notícias