Tom King, o escritor da próxima minissérie da DC intitulada “Rorschach”, emitiu um pedido de desculpas ao artista Jae Lee depois de acusá-lo de apoiar o movimento Comicsgate. -Leia mais aqui-

“Como fiz em particular, gostaria de pedir desculpas publicamente ao Jae Lee por minhas ações há alguns dias.”, tuitou King. “Eu deveria ter falado com Jae antes de enviar um tweet sobre ele que colocou sua carreira em risco. Eu cometi um erro crítico, e eu sinto profundamente.”

Depois de consultar Lee, King retirou sua declaração original em um tweet que dizia: “Falei com Jae. Ele não está no Twitter, não sabia que o Comicsgate [sic] existia e não suporta ódio de nenhum tipo.”, disse o escritor. “Estamos todos bem. Melhor resultado possível.”

No entanto, Lee mais tarde emitiu uma declaração de sua autoria, explicando como a acusação de King afetou ele e sua esposa. “Então, não, não estamos ‘todos bem'”, escreveu ele. -Leia aqui-

Rorschach #1, de Tom King, Jorge Fornés, Dave Stewart e Clayton Cowles, será lançada no dia 13 de outubro nos EUA.

Sobre Willyan

Willyan Bertotto

Publicitário. Diretor de Arte, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

Últimas notícias