Tom King comenta sobre o papel da Liga da Justiça Internacional no título Alvo Humano

    A primeira edição do título Human Target #1 foi lançada nesta semana nos EUA. Assinam a edição Tom King no roteiro e Greg Smallwood nas ilustrações. A minissérie de doze edições narra uma história inesperada envolvendo Christopher Chance/Alvo Humano, enquanto ele tem que investigar o enredo que pode levar à sua morte acidental. Co-estrelando ao lado de Chance na HQ está a Liga da Justiça Internacional, a encarnação mais eclética da equipe de super-heróis da DC que surgiu pela primeira vez nos quadrinhos na década de 1980.

    Durante uma entrevista recente, Tom King falou sobre como essa Liga surgiu em Human Target– começando com um dos membros da equipe, Tora Olafsdotter/Gelo.

    “É a menos emocionante das histórias.”, explicou King. “Meu filho de sete anos, seu super-herói favorito é a Gelo. É seu super-herói favorito entre todos do mundo. Todos os dias, no jantar, durante a pandemia, conversamos sobre – estou escrevendo constantemente, e meu filho sempre diz: ‘Por que você não está trabalhando com a Gelo? Quando você vai fazer a Gelo? Por favor, faça a Gelo.’ Então, quando cheguei a essa premissa, que envolvia um assassinato e suspeitos, decidi que o suspeito deveria fazer parte da Liga da Justiça Internacional, apenas para que eu pudesse colocar a Gelo no título e fazer meu filho parar de reclamar. Floresceu a partir daí. A Liga Internacional foi a Liga da Justiça da minha juventude. É a primeira Liga da Justiça que encontrei quando abri uma HQ. [Keith] Giffen, [JM] DeMatteis, e [Kevin] Maguire são três dos meus heróis nos quadrinhos. A chance de entrar naquele mundo e naquela família bastante idiota – mas que lidava com, na verdade, questões muito sombrias – tornou-se muito atrativa para mim. E especialmente a personagem Gelo, que é o co-cabeça do título à medida que avançamos, como um ponto brilhante, como outra Grande Barda [em Senhor Milagre] ou Alanna Strange [em Estranhas Aventuras].”

    Human Target #1 foi lançada recentemente nos EUA e ainda não há previsão de lançamento para o Brasil.

    Via: [ComicBook].

    Willyan Bertotto
    Willyan Bertotto
    Publicitário. Diretor de Arte, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

    Deixe seu comentário

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Você pode gostar

    Siga-nos

    24,169FãsCurtir
    15,600SeguidoresSeguir
    19,423SeguidoresSeguir

    Últimas Postagens