Terraverso: Quem são, o que comem, onde vivem?

    Estamos completando seis anos de existência. Seis anos de um portal feito por fãs dedicado a falar da maior editora de quadrinhos, a DC Comics.

    Sim, estamos mais felizes que o Coringa.

    Foram anos se aperfeiçoando, melhorando e aprendendo. Ainda queremos evoluir e reconhecemos que precisamos. Mas, não podemos falar do Terraverso sem esclarecer algumas coisas. Nos últimos anos, nas redes, alguns supostos fãs da DC, páginas de Facebook e Twitter, nos acusaram de algumas coisas. Precisamente:

    Fazer muito mimimi. (escrevi aqui Editorial | O “mimimi” do Terraverso)

    Bipolares. (graças a esses textos “Acalmem-se fãs, vocês não são os donos da DC” e “Se os fãs não são os “donos” da DC, então quem é?”)

    Ser de esquerda.

    Moleques. (Por um “Macho”)

    Lacraverso. (Esse é fofo)

    A verdade é que a maior parte dessas acusações estão certas. Nós fazemos muito “mimimi”, ou seja, falamos de pautas raciais, feminismo, preconceitos, machismo e todo esse lado podre que sempre esteve presente nesse meio e por muito tempo foi escondido. Hoje em dia, falar sobre essas coisas é fazer mimimi e consequentemente lacrar.

    Sendo assim, lacramos e muito.

    Somos também bipolares e não teria como não ser. Não somos bipolares por ficar mudando de opinião, mas porque temos muitas opiniões diferentes, afinal, somos diferentes. Ao todo, temos 21 redatores no portal. 21 pessoas que pensam diferente, concordam em partes e discordam em outras.

    Se na redação perguntarmos quem quer o Snyderverso de volta e quem quer que seja só uma coisa do passado, teremos opiniões diversas. Discordamos, argumentamos e no final, toda opinião será respeitada igualmente. Basicamente, é o que gente grande deveria fazer naturalmente.

    Sobre esquerdistas, longe disso. Somos 21 pessoas que diferem em suas opiniões políticas e visão de mundo. Faz parte, é algo natural e tá tudo bem.

    No Terraverso, diversidade não é uma palavra para caçar likes como alguns alegam. Escrevemos sobre diversidade porque somos diversos e nos orgulhamos. Não só falamos de pautas LGBTQIA+ no mês do orgulho, somos LGBTQIA+. Não falamos de pautas raciais quando chega novembro, somos totalmente anti-racistas. Gritamos contra o machismo porque odiamos isso.

    Quando fazemos aniversário temos uns instantes de reflexão sobre a nossa vida e no Terraverso não é diferente. A nossa reflexão é sobre como devemos lutar pelo o que acreditamos enquanto escrevemos sobre o que amamos. Amamos a DC assim como você que está lendo esse texto neste momento. Falar de diversidade não diminui nosso amor, na realidade só aumenta. Não vamos deixar de falar sobre esses assuntos só porque tem um monte de macho chorando nas redes sociais.

    Não queremos o amor de quem tem ódio e não multiplicaremos ódio para agradar moleques que não saíram das fraldas mentais.

    Se você ama a DC fique com a gente. Queremos comemorar mais aniversários escrevendo, fazendo podcasts, lives e muito mais. Agora, se você ama a DC e odeia quem é diferente de você, não nos acompanhe. Sério mesmo, o Terraverso é para todos, mas não para quem só tem ódio a distribuir.

    O Terraverso é preto, é LGBTQIA+, é mulher e muito mais. E olha, a gente se orgulha demais disso.

    Felicidades para nós e para quem nos ama, pelo amor do Superman bi, nunca deixaremos de fazer mimimi. Parabéns Terraverso!

    Imagem de capa: DC Pride #1 (2021)

    Lucas Pimentel
    Lucas Pimentel
    Você acredita em milagres? Também não, mas vivo na esperança de um universo de filmes maravilhosos da DC. Enquanto não acontece, sonho e escrevo.

    Deixe seu comentário

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Você pode gostar

    Siga-nos

    24,169FãsCurtir
    15,600SeguidoresSeguir
    19,522SeguidoresSeguir

    Últimas Postagens