Superman | Phillip Kennedy Johnson assumirá as edições recorrentes do personagem a partir de março

    O escritor Phillip Kennedy Johnson assumirá como o escritor principal do Superman na DC no lugar de Brian Michael Bendis, a frente tanto do título principal “Superman” quanto seu outro título, “Action Comics”, a partir de março de 2021.

    “Não posso começar a descrever a honra de escrever Superman e Action Comics, especialmente seguindo um dos meus heróis da indústria, Brian Michael Bendis”, diz Johnson no anúncio. “Uma das minhas primeiras lembranças é a emoção que senti assistindo os filmes do Superman de Christopher Reeve pela primeira vez. Meu objetivo para cada edição será dar aos leitores a mesma reação física, e as mesmas aspirações grandiosas que o Superman inspira: o desejo de ser melhor do que somos, e fazer mais do que o mundo pensa que podemos fazer.”

    A run de Johnson começará com uma história em duas partes intitulada “A Era de Ouro” em Superman #29 e Action Comics #1029, desenhada por Phil Hester e Eric Gapstur. Na história, o filho de Superman, Jonathan Kent (Superboy), retorna de sua escola no século 31 para encontrar seu pai lutando contra criaturas de uma seção do espaço sideral chamada Breach – seres que, no século 31, teriam matado o Superman.

    No anúncio, a DC passa a enquadrar a história “A Era de Ouro” como um “prelúdio para um evento MASSIVO do Superman na DC!” sem apresentar mais detalhes.

    Após “A Era de Ouro”, os artistas regulares de “Superman” e “Action Comic” serão Scott Godlewski e Daniel Sampere, respectivamente.

    “O trabalho que estou fazendo agora com Phil Hester, Scott Godlewski e Daniel Sampere já é um dos meus favoritos da minha carreira.”, diz Johnson. “Todos os três são magos nas páginas, e o evento que estamos construindo na Action Comics é um balanço consideravelmente maior do que eu esperava ter nos quadrinhos.”

    Em algum momento, Mikel Janin virá para “um projeto especial do Superman”.

    “Não é exagero dizer que mudará o status quo do Superman para sempre e terá um impacto duradouro em todo o Universo DC.”, continua Johnson. “A já icônica obra de arte “DC Future State: Superman: Worlds of War” que você viu de Mikel Janín nos últimos meses é apenas a ponta do iceberg do que ele e eu planejamos juntos. Fique ligado, você NÃO vai querer perder o que está por vir.”

    E como várias outras edições pós-DC Future State, tanto ‘Superman’ quanto ‘Action Comics’ terão histórias de backup, com a HQ assumindo o formato de mix.

    Sean Lewis e Sami Basri farão uma série sobre o Jimmy Olsen chamada ‘Tales of Metropolis’ na HQ ‘Superman’, enquanto os roteiristas de “DC Future State: Meia-Noite” Becky Cloonan e Michael W. Conrad continuarão sua caminhada com o ex-personagem da WildStorm em uma série de apoio na HQ ‘Action Comics’, desenhada por Michael Avon Oeming.

    Via: [Newsarama].

    Willyan Bertotto
    Willyan Bertotto
    Publicitário. Diretor de Arte, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

    Deixe seu comentário

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Você pode gostar

    Siga-nos

    24,169FãsCurtir
    15,600SeguidoresSeguir
    19,423SeguidoresSeguir

    Últimas Postagens