Em entrevista ao AV Club, a figurinista Sharen Davis, conhecida pelo seu trabalhos em filmes como Ray e Dreamgirls, revelou detalhes a respeito da evolução do figurino da personagem Sister Night, de Regina King na série Watchmen, e como surgiram as ideias para o visual que foi utilizado na minissérie indicada 26 vezes no Emmy. Via: [ComicBook].

Confira alguns detalhes:

“Foi um esforço e tanto (criar o traje). Eu realmente tive que pensar. Eu tinha um ótimo artista conceitual comigo que me deu tempo e demorou pelo menos umas duas semanas para criar esse traje. A única ressalva que eu tive dos produtores foi ‘Estamos pensando em uma roupa de gato’ e eu pensei ‘Okay pessoal, vocês podem continuar pensando desta forma.”  disse Sharen a respeito das ideias iniciais para o figurino.

“Então eu pensei ‘ Bem, a Sister Night tem em sua origem que foi criada em um orfanato de freiras e eu tenho que colocar um pouco deste aspecto mas eu realmente queria algo que fosse ajustável ao corpo e não queria uma capa, então eu queria aquela saia que funciona como uma capa. Eu não queria que fosse completamente em preto então coloquei o colarinho em branco e tinha que ser quase até a cintura para quebrar o tom preto e dar alguma dimensão ao traje.” diz a desenhista que utilizou das origens da personagens para criar o traje. “Eu tive sorte de ter alguma origem de Angela, de onde ela começou, e para onde ela foi criada com as freiras.” diz a figurinista sobre os detalhes. Abaixo uma imagem conceitual do projeto inicial para o visual da personagem;

“Todo aspecto do show exigiu um raciocínio sobre, até mesmo os heróis eram todos diferentes porque eles tinham uma origem diferente.” completou Davis e nesta mesma entrevista tivemos uma declaração da própria Regina King sobre o figurino.

“Damon e Sharen já estavam conversando antes que eu já tivesse o roteiro. Então quando o consegui havia uma carta que estava em uma determinada página escrita ‘ Não abra isso! Não abra! Prometa Regina, não olhe até você chegar nesta página’ e apenas continuei lendo até que eu cheguei na página. Eu a abri e havia uma versão renderizada do que Sharen e Damon haviam conversado sobre a Irmã Noite com o meu rosto. Eu até tenho arrepios só de lembrar deste momento.” disse Regina.

“Era tudo sobre movimento. Eu amei a ideia de ter, ao invés de uma capa, uma saia que se movia com a mesma energia. Mas quando eu estava correndo poderia ter alguns problemas porque você estava correndo e o pé poderia se enroscar na saia. Quando Megan veio, ela fez alterações baseada nas gravações do primeiro episódio.” relembra a atriz indica ao Emmy pelo seu trabalho na minissérie.

Watchmen foi lançada em 2019 com 9 episódios e na atual temporada de premiação foi indicada a 26 prêmios no Emmy. Confira a nossa análise da minissérie clicando aqui.

Sobre Ricardo

Avatar

Fã de quadrinhos, séries, filmes e games. Apaixonado por DC de Grant Morrison a Alan Moore. Mais um privilegiado de estar na amada Terraverso.

Últimas notícias