O co-criador de SandmanNeil Gaiman, comentou hoje no Twitter sua animação para a série ‘The Sandman’, da Netflix.

“Todo dia eu assisto ao Sandman Dailies (a filmagem que eles fizeram no dia anterior). Hoje eu assisti enquanto o feitiço de invocação foi bem-sucedido e o Sonho apareceu no porão de Roderick Burgess. É realmente Sandman. Estou cheio de emoções.”

Gaiman respondeu a um comentário de um fã falando sobre a qualidade da produção.

“Isso importa para mim. Eu passei 30 anos impedindo adaptações ruins e medíocres de Sandman, ou mesmo coisas boas que simplesmente não eram Sandman, de serem feitas. Este tem que ser Sandman, para parecer e se sentir como Sandman, ou não faz sentido.”

Respondendo a um fã que estava preocupado com a trama, Gaiman afirma que não há motivos para se preocupar.

“Sandman está sendo feito por pessoas que o amam tanto quanto você e que se importam tanto quanto você, e que estão perdendo o sono pelas mesmas questões (ou estão felizes por tê-las resolvido). Não se estresse. Para o bem ou para o mal, Sandman vai ser Sandman.”

Criado por Gaiman ao lado dos artistas Sam Keith e Mike Dringenberg, The Sandman estreou em janeiro de 1989 pelo selo Vertigo da DC.  A primeira temporada, que já está sendo gravada, contará com 11 episódios e deve chegar na Netflix em 2021.

Novidades e revelações sobre a produção devem ocorrer durante a CCXP Worlds, onde Gaiman é um dos convidados.

Sobre Willyan

Willyan Bertotto

Publicitário. Diretor de Arte, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

Últimas notícias