Primeiras impressões da 2ª temporada de Superman & Lois

    O atual status do Superman nos cinemas é algo que preocupa muitos, em especial por sua importância para o universo DC como um todo. Porém, o azulão está longe de estar desvalorizado e, mais uma vez, a televisão se tornou um refúgio. Uma fortaleza. Mostrando para o mundo o potencial que se encontra não só na capa e na cueca por cima da calça, mas também naquele que as utiliza.

    A trama do novo ano dá o ponta pé inicial no exato momento em que a anterior havia se encerrado, com a chegada de Natalie (Tayler Buck), a filha de John Henry Iron (Wolé Parks) com a Lois Lane (Bitsie Tulloch) de outra terra. O conceito de multiverso acabou caindo na graça do grande público e das produções hollywoodianas nos últimos anos. Muitas das vezes assumindo o papel de ferramenta pela qual é saciada a nostalgia de um público embebedado pelo saudosismo, contudo, a série decide trilhar um caminho distinto do convencional, focando nos traumas que a viagem entre mundos pode causar nas vidas pessoais dos indivíduos em questão.

    Outra trama pincelada através em meio ao episódio, mas deve ganhar mais corpo com o passar da temporada, é a desvinculação do Superman (Tyler Hoechlin) como um símbolo do imperialismo estadunidense. Em especial, o desagrado das autoridades governamentais dos EUA com maior herói do planeta se manter afastado de seus interesses políticos, agindo como agente em prol do bem estar humanitário, não de uma nação em especifica, mas sim de todo o mundo. Um movimento de certa forma ousado para série, ainda mais por colocar os militares como um dos antagonistas da nova temporada.

    É notável o amadurecimento da série e como as novas aventuras da super família está sendo tratada com bons olhos. Algo que ressoa nos elementos da própria produção, existindo uma evolução linear da narrativa, existindo uma repercussão dos atos dos personagens que seguem uma ideia de causa e consequência sólida, presente nos momentos casuais e naqueles mais conflituosos. Sem contar os seus quesitos técnicos, como fotografia e efeitos visuais, que ganhou uma atenção ainda maior. Com sequências verdadeiramente impressionantes, ainda mais se comparado com outras produções feitas no canal.

    A série foi uma das mais gratas surpresas de 2021, trazendo o casal mais poderoso e icônico das histórias em quadrinhos para novas aventuras, dessa vez focando em um drama familiar, regado de referências a todas, ou a grande maioria, das encarnações pregressas do herói e da jornalista mais destemida que o mundo já conheceu.

    O resultado não poderia ter sido mais impecável, e após uma primeira temporada inteira falando sobre legado, a produção retorna mais refinada e segura de si mesma e do mundo que construiu. Amadurecendo temas já antes apresentados e abrindo o leque para outras novas oportunidades, deixando claro que, acima de qualquer coisa, o diálogo é o maior e mais poderoso poder da série.

    A segunda temporada de Superman & Lois estreou no dia 11 de janeiro de 2022 nos EUA no canal da CW, e chegará ao Brasil através da HBO Max, no dia 20 de janeiro de 2022.

    Marcos Vinícius
    Marcos Vinícius
    Olá! Meu nome é Marcos e tenho um grande amor pelo jornalismo. Possuo um podcast, o Sabor de Ambrosia, e sou um grande fã da DC desde que me entendo por gente. Escrevo de tudo um pouco e, espero que gostem do que tenho pra falar.

    Deixe seu comentário

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Você pode gostar

    Siga-nos

    24,169FãsCurtir
    15,600SeguidoresSeguir
    19,525SeguidoresSeguir

    Últimas Postagens