A DC Comics anunciou a iniciativa nos quadrinhos DC Future State, um evento de dois meses onde a maioria das publicações da editora será substituída por uma nova programação. As histórias acontecem no ano de 2030, estreando um novo elenco de personagens, bem como versões futuras para outros personagens já estabelecidos. Uma dessas novas personagens é Yara Flor, a Mulher-Maravilha do Brasil.

O editor do Grupo Superman, Jamie S. Rich, falou ao IGN sobre vários novos conceitos de Future State. Ele disse:

“Eventualmente descobriremos que existem conexões com as outras tribos das Amazonas que estabelecemos. Yara tem alguma conexão com as Amazonas, e parte do que descobriremos em sua origem é o que ativa sua posição, o que a torna Mulher-Maravilha neste momento. Ela é do Brasil, mas era imigrante na América. Há também esse elemento da história dela. Mesmo que a vejamos atualmente ativa como Mulher-Maravilha, eventualmente aprenderemos qual é a sua origem – em parte, ela vai descobrir o que isso significa, de onde ela é, por que esta é ela, como ela se relaciona com Diana, como ela se relaciona com as outras Amazonas.”

A imagem do visual inteiro de batalha da Yara Flor pode ser vista na imagem promocional de DC Future State. Como Diana, ela veste azul, vermelho e dourado.

Flor é notada como sendo o “oposto” de Diana Prince em muitos aspectos. Rich falou sobre a criação da personagem, dizendo:

“Joelle estava olhando para Yara como – ela é nova nisso. Sua humanidade ainda está muito intacta e é muito importante. Do ponto de vista do leitor, o que isso significa para mim quando olho para este personagem? Diana Prince é uma deusa, então ela está sempre um pouco acima de nós. Esta é uma chance de voltar a algumas das raízes iniciais da Mulher-Maravilha onde Diana estava tentando ser humana e tentando aprender a ser humana. Agora estamos indo na direção oposta – como uma humana aprende a ser uma deusa?”

A desenhista e escritora da personagem, Joëlle Jones, twittou “Estou trabalhando nisso há meses e estou animada para finalmente compartilhá-la com todos!”. 

O desenhista Steve Orlando também tuitou sobre a nova personagem “É como se uma Terceira Tribo das Amazonas Brasileiras fosse introduzida em nossa Mulher-Maravilha Anual por uma razão. E eles falavam português :-).” 

Orlando fala da edição “Mulher-Maravilha Anual #4″ lançada nos EUA, onde a Terceira Tribo de Amazonas é revelada. Interessante perceber que na página final da edição temos o vislumbre de uma pequena menina, que pode ser a primeira aparição de Yara Flor nos quadrinhos.

 

DC FUTURE STATE: MULHER-MARAVILHA #1

Escrito por JOËLLE JONES
Arte e capa por JOËLLE JONE
Capa variante por JENNY FRISON

No fundo do coração da floresta amazônica está uma heróina da lenda mítica… Mulher-Maravilha! Mas na ausência de Diana, Yara Flor saiu das sombras para proteger o mundo dos homens da magia que está dentro dele. Junto com seu fiel corcel, ela viaja para resgatar uma de suas irmãs de Themyscira das garras de Hades. Será que ela vai libertar a ira deste deus no caminho? Você não vai querer perder esta primeira aparição de uma personagem que vai mudar a história da Mulher-Maravilha para sempre!

À VENDA (NOS EUA): 05/01/21
32 PÁGINAS | 1 DE 2

DC Future State também dará uma atenção especial sobre outro importante personagem — Núbia. Rich também brincou na entrevista que os fãs verão a Mulher-Maravilha original lutando no final dos tempos como a última sobrevivente da Era de Ouro dos heróis da Terra.

A iniciativa DC Future State começa nos EUA em janeiro de 2021. Conheça todas as publicações -neste link-.

Sobre Willyan

Willyan Bertotto

Publicitário. Diretor de Arte, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

Últimas notícias