Superman e suas primeiras lições

Superman Alien Americano surpreende ao trazer um dos maiores personagens da DC aos seus tempos juvenis em que começa a descobrir a extensão de seus poderes, a história nos leva de volta à fazenda de seus pais no interior dos Estados Unidos sem a preocupações nem a exposição que uma cidade grande como Metropolis acarretaria.

A história desenvolve apenas o próprio protagonista e seus pais, apesar de apresentar por exemplo, Lana Lang entre outros,a historia da ênfase ao lado super protetor de sua mae que não hesitou, que quando seu filho começou a sair do chão, ela parte pra tentar traze-lo de volta à terra, cena que abre a hq e o lado filosófico e aventureiro de seu pai de onde tira as lições que ditarão futuramente seu caráter e jeito de ser, isso fica bem claro quando Clark tem um acesso de raiva e destrói um espelho do cinema e por conta disso vê a humanidade naquele singelo item em que dezenas de pessoas trabalharam e que agora fora destruído, gerando assim um desperdício daqueles que o fizeram chegar ate ali, e na parte em que John tenta faze-lo domar seu poder de voo no meio da plantação, ele o faz como meio creio eu para tentar domesticar uma criatura que ao seu ver poderia ser uma ameaça, visto que ainda tem pesadelos e lembra da sua chegada um tento quanto diferente do cânone que conhecemos.

Ela trata basicamente de situar Clark como uma criança que esta aprendendo um de seus poderes mais marcantes que é o voo, e como pode ser difícil sob fortes emoções saber como seu próprio corpo vai reagir as adversidades e encerra essa descoberta de uma forma surpreendente ao revelar o que seria a primeira de suas capas, item clássico do Super desde Action Comics numero 1 e que foi o símbolo usado na capa de sua morte.

 

 

Esta edição é um ótimo ponto de partida para novos leitores, de retorno para os não acompanhavam o titulo principalmente após o reboot dos novos 52 que não tem muitas glorias e foi bem criticado, espero que a série consiga manter o nível que teve essa brilhante primeira edição.

Avatar

Marcelo Carratú

Empresário, amante da DC Comics.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *