Os varejistas de quadrinhos do mercado direto nos EUA foram entrevistados pelo site Newsarama, e ficaram surpresos com a repentina posição da DC em cortar os laços com a Diamond Comics Distributors, a empresa que distribui a grande maioria dos gibis às lojas da América do Norte. -Leia mais aqui – A DC optou por vender seus livros por meio de uma rede de distribuição que eles criaram e anunciaram em abril deste ano, durante a crise da COVID-19, que fechou a rede da Diamond e deixou as lojas sem opção.

“Foi um bom soco no estômago depois que reabrimos nossas portas pela primeira vez em dois meses.”, disse J.C. Glindmyer, proprietário da Earthworld Comics em Albany, Nova York. “Como a maioria dos varejistas, não vou torcer o nariz para irritar meu rosto, vou pedir aos meus clientes regulares, o mínimo para manter, mas não estou investindo recursos significativos em futuros projetos. [da DC]”.

“O momento é terrível e mostra um flagrante desrespeito às preocupações dos vendedores de quadrinhos”, disse Benn Ray, da Atomic Books, em Baltimore. “Então, eu digo isso como fã da DC Comics por toda a vida e também como varejista – que se dane, DC Comics. Desejo a eles o mesmo que a Marvel quando fizeram isso nos anos 90. Quem quer que esteja dando o tiro na DC, se houver alguém, deve ser demitido imediatamente.”.

“Eu simplesmente não tenho um comentário que seja respeitoso sobre isso.”, disse Bret Parks, proprietário de três lojas da Ssalefish Comics em Winston Salem, Greensboro e Concord, Carolina do Norte. “Eu não consigo pensar em nada útil ou positivo sobre isso. Eu só desejo à DC que mandem embora ou demitam sua equipe de vendas para começar de novo.”.

“Sem as compras pela Diamond, meu desconto será menor, tornando o meu negócio algo que não é mais lucrativo ou viável”, disse Charlie Harris, da Comic Books de Charlie, em Tucson, Arizona.

“Não acredito que seja rentável ou prático para a maioria dos varejistas encomendar periódicos que tenham um baixo retorno sobre o investimento, por uma segunda fonte de distribuição.”, escreveu Hibbs no Facebook. “O envio e manuseio extra envolvidos vão prejudicar os lucros, enquanto as intermináveis ​​horas extras tentando inserir e processar os dados em sistemas de pontos de vendas que não foram projetados para processar rapidamente, como os dados da Diamond, serão nada além de desperdício para milhares de lojas.”

O comunicado oficial sobre o rompimento da parceria DC/Diamond nos EUA ocorreu na última sexta-feira. -Leia aqui-

Sobre Willyan

Willyan Bertotto

Publicitário. Diretor de Arte, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

Últimas notícias