Em dezembro, a DC Comics havia retirado do ar uma publicação usando a capa de ‘Batman: O Cavaleiro das Trevas Retorna: A Criança De Ouro.’ Isso veio após críticas de chineses de que a imagem fazia referência aos protestos de Hong Kong, com a Batwoman vestida de preto jogando um coquetel molotov, e que o uso da cor Ouro no título também seria uma referência as manifestações.

A imagem realmente se tornou parte dos protestos, contra ameaças das autoridades chinesas à autonomia de Hong Kong. E a obra, com a Batwoman (embora muitos comentaristas pensaram que era o Batman) lançando um coquetel molotov, com a frase “O futuro é jovem” foi mostrada na mídia global.

Agora, a arte original do artista brasileiro Rafael Grampá que estava em leilão,foi vendida por U$24 mil dólares.

“Uma das capas de quadrinhos mais polêmicas da história recente vendida durante nosso evento: a capa variante de Rafael Grampá para “Dark Knight Returns: Golden Child”. A peça foi vendida por US $ 24.000, três vezes mais do que o valor estimado.”

A imagem foi criada em tinta e grafite na placa de Bristol com uma área de imagem de 11″ x 16″ e inclui uma impressão assinada do Batman.

Sobre Willyan

Willyan Bertotto

Publicitário. Diretor de Arte, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

Últimas notícias