O jornalista Brent Lang, editor executivo na Variety, comentou nas redes sociais sobre o lançamento de “Mulher-Maravilha 1984” nos cinemas. Inicialmente, em conversa com o CEO da AMC (rede de cinemas nos EUA), ele revelou sobre a possibilidade de um acordo com a Warner Bros para lançar filmes em VOD (Vídeo sob demanda) semanas após o lançamento nos cinemas. A AMC já possui um acordo semelhante com a Universal Pictures.

Ou seja, a Warner Bros lançaria um filme nos cinemas da AMC e semanas após o lançamento ele já estaria disponível para compra digital (VOD). Por enquanto esse acordo ainda não possui nenhuma confirmação oficial, tanto pela Warner, quanto pela AMC.

Sobre o lançamento de ‘Mulher-Maravilha 1984’ e sua possível mudança de data, parece que nada está definido;

“O CEO da AMC diz “definitivamente” que a Warner Bros. deseja “Mulher Maravilha 1984 “para o lançamento no prazo”, ou seja, em 25 de dezembro. Mas afirma que as pessoas só saberão que o filme será lançado com certeza em 19 ou 20 de dezembro. Cinema em COVID19.” disse Lang.

Em um artigo publicado recentemente pelo Deadline, afirma que os executivos do estúdio estão mantendo discussões sobre uma possível mudança. Na semana passada, a presidente e CEO da Warner Bros. Ann Sarnoff disse: “Temos pouco tempo para descobrir isso.” em relação a uma mudança na data de lançamento do filme.

A mudança nas datas de estreia de “Mulher-Maravilha 1984” vem sendo uma constante nessa época de pandemia, e ao que parece, nada é definitivo devido ao comportamento do vírus elevando diariamente o número de contaminações pelo mundo.

Sobre Willyan

Willyan Bertotto

Publicitário. Diretor de Arte, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

Últimas notícias