O ator Ray Fisher voltou a comentar mais detalhes sobre as alegações relacionadas a ele em nota oficial da Warner Bros, de que o ator não estaria colaborando com as investigações sobre o comportamento abusivo de Joss Whedon e Geoff nos set de filmagens de ‘Liga da Justiça’.

Em um vídeo no Instagram, o ator alega que ao entrar em contato com o diretor da DC Filmes, Walter Hamada, recebeu a resposta de que não acreditava nas acusações feitas por ele referente ao Geoff Johns, pois eles (Hamada e Johns)  já haviam trabalhado juntos no filme ‘Shazam’ e considerava o produtor uma boa pessoa.

Fisher esclarece também que o produtor Geoff Johns, telefonou uma vez para ele em 2018 para “se gabar de que haveria outro Cyborg no Universo DC”.

O ator afirma na publicação que “Você (Hamada) não estava lá quando ele (Johns) ameaçou a minha carreira, você não estava lá quando o Geoff entrou em contato comigo em 2018, afirmando que o personagem Cyborg seria utilizado em um show que ele estava produzindo.”

A série em questão comentada por Johns é ‘Patrulha do Destino’, em que o Cyborg é interpretado pelo ator Joivan Wade. Lembrando que Fisher já demonstrou publicamente apoio ao trabalho de Wade:

“Continue fazendo suas coisas, Joivan Wade! Se alguém aí tem algum problema com meu irmão cibernético de outra caixa materna… , faça-me um favor e pare de me seguir. Se eu pegar você distribuindo ódio a ele, estarei lhe bloqueando. #BORGLIFE”

O ator já havia comentado anteriormente que Johns durante as refilmagens de Liga da Justiça, chamou Ray ao seu escritório para menosprezar e repreender as tentativas do ator de levar queixas sobre a postura dele as autoridades de comando da Warner.

Após anos de protestos nas mídias sociais, a Warner Bros anunciou oficialmente que o corte da “Liga da Justiça” do diretor Zack Snyder, será lançado pela HBO Max. Fisher teve diversas cenas como Cyborg/Victor Stone cortadas da versão que chegou aos cinemas, e isso se confirmou com os diversos compartilhamentos de Snyder, em suas redes sociais, que mostraram muito dessas cenas deletadas.

Lembrando que atualmente Fisher está em conversações/negociações para reprisar o Cyborg no filme solo do Flash, dirigido por Andy Muschietti.

Sobre Willyan

Willyan Bertotto

Publicitário. Diretor de Arte, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

Últimas notícias