Liga da Justiça | O que esperar da versão de Zack Snyder do filme?

O dia chegou. Quase 4 anos de espera para esse momento. A versão de Zack Snyder de Liga da Justiça foi confirmada para o streaming HBO Max em 2021 e a internet veio abaixo após o anúncio, realizado durante uma Watch Party de “O Homem de Aço”, contando inclusive com a participação do Henry Cavill e de muitos fãs do movimento #ReleaseTheSnyderCut, incluindo a brasileira Nashila Nascimento.

Essa versão do filme, trata-se acima de tudo, de uma reparação histórica. Zack Snyder teve que sair da produção na época em que as gravações estavam sendo finalizadas, devido a morte de sua filha. Então a Warner chamou o diretor de ‘Vingadores’, Joss Whedon, e alterou muita coisa da versão original planejada pelo diretor. Isso inclui a exclusão de cenas e até mesmo personagens, como o Caçador de Marte, Darkseid e Iris West.

Então, após o lançamento de Liga da Justiça e passado um tempo, Zack começou a mostrar o que pretendia exibir no filme e, alimentado com as critícas negativas e um trabalho MUITO abaixo do esperado de Whedon na direção, os fãs iniciaram um movimento para que a versão de Zack Snyder fosse exibida. Popularmente chamada #ReleaseTheSnyderCut.

Foi um árdua e longa espera. Em feiras e eventos pessoas distribuíam panfletos, estampavam placas e cartazes. Os fãs da equipe de heróis mais famosa do mundo levantaram uma bandeira, iniciaram uma causa, abraçaram a indignação de um diretor de cinema que teve o seu trabalho deturpado. Além disso, através de vendas de produtos que estampavam “Release The Snyder Cut”, arrecadaram consideráveis valores para instituições nos EUA de prevenção ao suicídio.

Agora, o que podemos esperar dessa nova versão? A presença do Darkseid, Caçador de Marte, Iris West e mais Lanternas Verdes. Uma linha narrativa coesa e sem tantos remendos na história, a exclusão de piadas toscas e sem sentido e acima de tudo, um desenvolvimento maior dos personagens, principalmente daqueles que são apresentados pela primeira vez nesse filme, como o Flash e o Cyborg. A versão que foi aos cinemas não tinha um quarto do conteúdo planejado por Zack Snyder e espera-se que a produção tenha em média 4 horas ao todo.

Alguns portais americanos sugeriram que o formato no HBO Max fosse em uma minissérie de 6 capítulos, porém, não há nenhuma confirmação oficial do estúdio sobre isso. Não me importaria nenhum pouco de assistir uma obra cinematográfica de 4 horas, pelo contrário, acredito que possa ser uma experiência imersiva bastante interessante.

Liga da Justiça Snyder Cut é a obra original, a concepção definitiva, a verdade que deveria ter sido exibida nos cinemas e que por uma infelicidade do destino e a ausência de sensibilidade de outras pessoas, não conseguimos assistir. Recebemos um filme com um Superman com o rosto desconfigurado, alívios cômicos fora de hora e um tom que destoava completamente de sua produção anterior, o filme ‘Batman vs Superman’. Recebemos um híbrido aterrorizante, sem a real essência que os personagens ali mereciam.

Você pode não gostar de Zack Snyder. Você tem todo direito de considerar os fãs do #ReleaseTheSnyderCut uma galera chata pra caramba. Mas uma coisa, como fã da DC, você jamais poderá deixar de admitir; A Liga da Justiça dos cinemas merece mais do que foi apresentado. Merece um filme melhor. Além disso, o profissional Zack Snyder merece respeito como artista que é, pelo trabalho que desenvolveu como diretor e que foi desrespeitado por questões corporativas, assim como todos os atores e equipe técnica envolvida no filme.

O Snyder Cut é real. O dia chegou. Parabéns ao fãs pela mobilização. Vocês foram fundamentais para esse momento chegar. Que venha a Snyder Cut!

Willyan Bertotto

Willyan Bertotto

Publicitário e pós-graduando em Gestão Empresarial. Diretor de Arte, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

Um comentário em “Liga da Justiça | O que esperar da versão de Zack Snyder do filme?

  • Avatar
    20 de maio de 2020 em 21:06
    Permalink

    Valeu a pena, valeu muito a pena esse movimento, uma vitória dos fãs! Baita texto, Will! Assino embaixo!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *