Durante uma recente aparição no podcast Happy Sad Confused, a atriz Margot Robbie confirmou que havia muitas cenas filmadas que não entraram no filme “Esquadrão Suicida” de 2016 que foi para os cinemas, e que ela estaria interessada em ver como ficou a versão do diretor David Ayer.

“Eu nunca vi o corte do Ayer. Quero dizer, eu sei que filmamos um monte de coisas que não entraram no filme.”, disse Robbie. “Eu também ficaria muito curiosa.”

Robbie não é a única estrela de Esquadrão Suicida que manifestou interesse em ver o chamado “Ayer Cut” do filme. Karen Fukuhara, que interpretou a Katana, disse no início deste ano que apoiava a ideia de ver mais da sua personagem – algo que o Ayer Cut provavelmente incluiria. Fukuhara chegou a pensar que o Ayer Cut era uma coisa real e que já tinha acontecido.

“Eu também vi isso circular por aí e até postei um dos cartazes de fãs.”, comentou Fukuhara com a RadioTimes. “Parecia realmente legítimo, eu pensei que era real por um segundo e eu fui no Google para ter certeza de que ele não existia ainda!”

O diretor David Ayer já havia comentado anteriormente outras diferenças em seu filme para a versão lançada nos cinemas. -Confira aqui-. O filme lançado em 2016 arrecadou aproximadamente US$ 745 milhões ao redor do mundo.

Na época, o filme teve vários problemas na pós-produção. A classificação indicativa caiu de +18 para PG-13 nos EUA e o corte oficial e final do longa não saiu das mãos do Ayer, mas sim de uma produtora contratada pela Warner.

Em 2021, James Gunn apresentará um nova versão do Esquadrão Suicida nos cinemas.

Via: [ComicBook].

Sobre Willyan

Willyan Bertotto

Publicitário. Diretor de Arte, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

Últimas notícias