Lançado em agosto de 2016, Esquadrão Suicida não teve uma boa recepção do público, mas inseriu uma série de novos personagens ao universo de filmes do DCEU. De acordo com o diretor David Ayer, a situação poderia ter sido completamente diferente e ele  afirma que se arrepende de não ter colocado o Coringa de Jared Leto como vilão principal da produção.

“Acabei de assistir Esquadrão Suicida na HBO e gostei de verdade. Os críticos são exagerados”, declarou o produtor Norman D. Golden ll em sua conta pessoal no Twitter. logo depois,  Ayer, respondeu ao comentário: “Sim, foi um filme grande, divertido e bobo. Poderia ter tido mais sucesso se eu tivesse feito algumas coisas um pouco diferentes”.


Logo depois, um fã disse na conversa que “Coringa deveria ter sido o vilão principal”. Ayer concordou com a opinião, dizendo que “ainda agoniza por isso”.

Leia nossa crítica sobre Esquadrão Suicida. 

Sobre Willyan

Willyan Bertotto

Publicitário. Diretor de Arte, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

Últimas notícias