A Warner Bros. abraçará de vez o potencial do conceito de Multiverso para futuros projetos de filmes da DC. O maior exemplo será os planos do estúdio para lançar filmes paralelos com diferentes versões do Batman, como Ben Affleck e Michael Keaton interpretando o herói em The Flash e Robert Pattinson como o Cavaleiro das Trevas em The Batman de Matt Reeves.

Conforme o texto do The New York Times, que entrevistou o chefe de filmes da DC, Walter Hamada, essas histórias ocorrem em Terras paralelas com nomes familiares aos fãs dos quadrinhos. A Terra-1 abrigará filmes como o da Mulher-Maravilha de Gal Gadot, enquanto o Batman de Pattinson viverá na Terra-2 — com The Flash fazendo a ponte entre os universos.

Múltiplas versões de personagens em várias Terras não é novidade para os fãs da DC. O Multiverso começou oficialmente em 1961, quando a edição The Flash #123 introduziu o velocista Barry Allen quando já existia Jay Garrick. A explicação dada foi que Barry existia na Terra-1 — o nome estreou em Liga da Justiça da América #21 de 1963, onde a história foi chamada de “Crise na Terra-Um”.

Em 2014 durante a saga “Os Novos 52”, o escritor Grant Morrison escreveu “The Multiversity”, apresentando um guia para cada uma das 52 Terras da DC Comics e seus habitantes. -Leia mais aqui-.

Sobre Willyan

Willyan Bertotto

Publicitário. Diretor de Arte, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

Últimas notícias