Cuidado com spoilers!

O ator DB Woodside, conhecido pelos “lucifãs” por interpretar o anjo Amenadiel na série Lúcifer, comentou os episódios da quarta temporada que envolveram seu personagem e trataram de um tema delicado: racismo. A subtrama em questão foi  abordada no oitavo episódio da quarta temporada.

Tudo se desenvolve porque Amenadiel precisa tomar uma importante decisão, que envolve ele, Dra Linda  (Rachael Harris) e o filho que ela espera. O anjo deve decidir se eles continuam na Terra ou se o bebê deve ser enviado para Silver City, estando assim a salvo de qualquer  tipo de perigo — incluindo crescer como uma criança afrodescendente nos Estados Unidos.

Sobre este episódio, o ator deu a seguinte declaração:

“Uma das coisas que eu amei nessa temporada foi que eles realmente falaram sobre etnia, inclusão e diversidade de várias formas. (…) E isso é uma coisa difícil, porque, como pai, eu me pergunto às vezes — várias vezes, na verdade — qual é o melhor lugar para o meu filho crescer, dado o estado atual do mundo”.

Ainda no oitavo episódio da quarta temporada, temos a presença de Remiel, um anjo enviado para impedir que o nascimento da criança aconteça, e Caleb, um jovem negro que é hostilizado pela polícia durante um caso investigado pelo departamento do qual Lucifer faz parte.

“Eu amo fazer coisas que deixam as pessoas desconfortáveis, para elas pensarem fora da casinha. Então, quando esse episódio apareceu, eu estava radiante e nervoso ao mesmo tempo. É difícil ser um ator negro e fazer esse tipo de coisa. Eu acho que, na época, tínhamos só um roteirista júnior negro na sala de escritores, então imagino que ele estivesse sentindo a responsabilidade de ajudar os colegas, como eu meio que senti sendo o único negro no elenco”, disse Woodside TV Line.

Sobre Lucas

Avatar

Sou publicitário formado pela UFSM, mestre e doutorando em comunicação pela UFSM também. Fora isso, apenas alguém apaixonado pelo mundo nerd.

Últimas notícias