Milestone anuncia a chegada de um casal inédito de super-heróis ao seu universo

    Após o seu retorno tão aguardado no ano passando, a Milestone Media anunciou a chegada de seu mais novo herói que pretende trazer ainda mais representatividade para seu universo. Intitulado de Duo, a figura é uma persona formada através da fusão das mentes brilhantes do médico David Kim e da médica Kelly Vu, em um único corpo, por meio de um experimento de nanotecnologia. (Via: DCComics.com)

    Capa de “Duo #1” desenhada por Dike Ruan

    O casal de novos heróis fará sua estreia em uma minissérie de seis edições, intitulada “Duo”, escrita por Greg Pak, e com artes de Khoi Pham e Scott Hanna.

    Em entrevista ao site, o roteirista Greg Park comentou sobre a ideia por trás da criação dessa nova “dupla” de heróis.

    “Eu acho que a parte divertida desta história é que ela está fazendo a pergunta ‘E se você estivesse a par de cada pensamento, sentimento e impulso da pessoa que você mais ama no mundo?’ Falamos sobre as pessoas terminando as frases umas das outras quando realmente se conhecem, e é exatamente isso que o Dr. Kelly Vu e o Dr. David Kim fazem em algumas das páginas iniciais deste projeto. Trabalham juntos, vivem juntos, amam estar juntos. Eles estão naquele estágio bastante inicial de um relacionamento em que tudo faz sentido com a outra pessoa perfeitamente. Mas o que acontece quando você literalmente não consegue escapar da outra pessoa? Quando a outra pessoa está literalmente em sua mente? Foi isso que me prendeu ao projeto quando Reggie [Hudlin] falou comigo pela primeira vez e me apresentou.”

    O desenhista Scott Hanna completou, comentando sobre o que o público pode esperar da dinâmica do casal. Afirmando que ambos deverão aprender como usar suas individualidades para crescer como um só.

    “Sou casado e feliz há muito tempo, mas minha esposa e eu somos basicamente opostos polares de várias maneiras. Mas isso ajuda. Trabalhamos bem juntos porque não somos iguais. E como qualquer relacionamento, você vai ter discussões, você vai ter brigas. Então, essa forma de lidar com relacionamentos é muito legal. Como isso realmente funciona, e disfunções também.”

    Capa variante de Duo desenhada por Nimit Malavia

    Durante a entrevista, o desenhista Khoi Pham revelou que a representatividade do gibi foi o que o trouxe ao projeto. Em especial a oportunidade em ter heróis asiáticos de pele escura como protagonistas, com Kelly sendo vietnamita-americana e David um coreano-americano.

    “Isso é o que eu amo nessa história e histórias que são contadas dessa maneira em termos de representação apenas por estar nela, mas não falando sobre isso na história. Acontece que são asiáticos-americanos. Eu acho que é importante colocar a representação lá fora e apenas ver, ver, ver. Eles estão apenas em um livro de super-heróis de ficção científica. O traje era deliberadamente um traje clássico de super-herói. Sim, eles são asiáticos-americanos, mas esta é uma história de super-herói de ficção científica, e é assim que eles parecem. Mas não vamos falar sobre isso, é apenas o que é.”

    Sobre a história e o uso da nanotecnologia, Park explica que o recurso será utilizado como uma justificativa dentro da trama, com suas próprias regras e conceitos. Mas, não se limitando a ideias realista.

    “Essa tecnologia não existe. É ficção científica, mas há regras internas para tudo isso e elas conectam todos os fios aqui. David e Kelly são cientistas que querem usar essa nanotecnologia para curar doenças e aliviar o sofrimento humano. Então, esse é um dispositivo narrativo ficcional que também faz sentido dada a ciência ficcional com a qual estamos lidando aqui, mas serve a essa história emocional dessas pessoas que querem fazer o bem. Eles são benfeitores. Mas o que acontece quando você tem tanto poder é que você pode desequilibrar as coisas. Esse é um desses temas clássicos de super-heróis, e todo esse conceito de nanotecnologia nos permite explorar isso de lugares interessantes. Também é significativo porque é criado por humanos.”

    Algo que Pham complementa, relacionando a tecnologia com a criação de um filho.

    “Com os nanos, eles criaram. Eu sempre meio que imaginei como se fosse um bebê. Tem uma personalidade e, olhando para trás, há uma cena em que David e Kelly estão sendo carinhosos e os nanos criam, tipo, formas de coração. Sua forma e textura mudam com base em como se sente sobre seus criadores. É muito sútil.”

    Confira as primeiras páginas já liberadas:

     

    A primeira edição da minissérie tem previsão de lançamento para o dia 17 de maio de 2022.

    Marcos Vinícius
    Marcos Vinícius
    Olá! Meu nome é Marcos e tenho um grande amor pelo jornalismo. Possuo um podcast, o Sabor de Ambrosia, e sou um grande fã da DC desde que me entendo por gente. Escrevo de tudo um pouco e, espero que gostem do que tenho pra falar.

    Deixe seu comentário

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Você pode gostar

    Siga-nos

    24,169FãsCurtir
    15,600SeguidoresSeguir
    19,532SeguidoresSeguir

    Últimas Postagens