O autor Alex Sanchez passou a maior parte de sua adolescência debaixo d’água. Como um garoto gay de uma família de imigrantes mexicanos que se mudou para o Texas, quando tinha 5 anos, o mergulho foi como ele “lidou com sua adolescência”, disse ele ao site EW. “Eu sempre amei o oceano.”

Jake é personagem central da edição You Brought Me the Ocean, o próximo romance de Sanchez para a DC, abordando questões LGBTQ+. “Escrever para jovens é lembrar como era para mim crescer.”, disse o autor.

A maioria dos fãs da DC associa o nome do “Aqualad” a alguém como Garth, o parceiro atlante do Aquaman, que apareceu pela primeira vez nos quadrinhos nos anos 1960, ou Kaldur’ahm, que desempenhou o mesmo papel e se tornou popular na série animada Justiça Jovem. Jackson “Jake” Hyde, que fez sua estreia nos quadrinhos em 2010, esteve presente também no à DC Universo: Renascimento #1 de 2016, que revelando um segredo sobre o personagem.

Na edição, Jake é abordado por sua mãe enquanto ele se senta em seu quarto, olhando para um aquário. “Não é natural o que você é”, diz ela. E, não, ela não está falando sobre a capacidade dele de manipular a água com a mente. “Ele tinha um namorado, Kenny, e uma melhor amiga, Maria”, lembra Sanchez sobre esse arco dos quadrinhos, “mas nesse caso eu não tinha certeza de que Maria sabia que ele estava fora”. Confira a prévia da edição

Depois que um “e-mail surpresa” do editorial da DC apareceu na caixa de entrada de Sanchez, pedindo relatos da origem de Jake, a DC o colocou ao lado da Julie Maroh, a aclamada ilustradora francesa por trás de ‘Azul É a Cor Mais Quente‘, que se tornou filme em 2013, estrelado por Léa Seydoux. “Também sou grato por ser o tipo de pessoa que verifica os e-mails até no spam”, escreve Maroh à EW por e-mail.

Nenhum dos criativos se concentrou muito na história de Jake nos quadrinhos ao elaborar esse novo conto. Esse não era o ponto. “Eles disseram: ‘Não gaste muito tempo pesquisando os personagens e o que eles fizeram no passado'”, lembra Sanchez. “‘Basta escrever sua história e ter a liberdade de realmente contar isso como você quer contar.'” Isso não quer dizer que não houve pesquisa. Sanchez usou elementos diferentes de várias histórias em quadrinhos e aproveitou sua própria experiência para aprofundar essa história.

Em You Brought Me the Ocean, Jake é um caso de “peixe fora d’água” que vive em Truth or Consequences, N.M., uma cidade cercada por deserto por todos os lados. Ele não está nadando desde que seu pai se afogou fatalmente, mas a água é tudo que ele parece pensar … nisso e Kenny Liu, o capitão da equipe de natação da escola e um dos únicos colegas de classe que é gay. Jake tem uma melhor amiga, Maria, que secretamente tem sentimentos românticos por ele. Jake sente a pressão de ir a uma escola comum em vez de perseguir sua paixão que é estudar a vida marinha. Com a chegada da maioridade, torna-se ainda mais estressante quando um dilúvio o expõe a novas verdades sobre si mesmo: marcas em sua pele começam a brilhar quando ele comanda telecineticamente a própria água correndo em sua direção.

“Isso faz parte do motivo pelo qual estou tão empolgado com este livro”, afirma Sanchez, “a metáfora entre super-heróis e pessoas LGBTQ, essa sensação de ter que viver uma vida dupla e ter uma identidade secreta e quão bem isso se encaixa na metáfora do super-herói. Quando podemos realmente ser quem somos e sermos fiéis a nós mesmos, então nos abrimos e essa é nossa superpotência. Nossa superpotência é ser quem somos e ser verdadeiro nisso.”

You Brought Me the Ocean estará disponível no mercado americano a partir desta terça-feira (09.06). Ainda não há previsão de chegar ao Brasil.

Sobre Willyan

Willyan Bertotto

Publicitário. Diretor de Arte, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

Últimas notícias