Geoff Johns confirmou que The Killing Zone – seu selo adicional planejada na DC Comics – ainda está em andamento, apesar de pouco ter sido revelado sobre o projeto desde seu anúncio inicial, há dois anos. Via: [CBR].

Para coincidir com a estréia de sua série live-action no DC Universe / The CW, ‘Stargirl’, o ex-presidente e CCO da DC Entertainment participou de uma sessão de perguntas e respostas nos fóruns do DC Universe. Um usuário em particular perguntou sobre o status atual do selo. “Killing Zone” é um projeto pelo qual sou muito apaixonado, pegando alguns personagens obscuros da DC e colocando-os no centro do palco”, respondeu Johns. “Estou esperando que um determinado artista fique disponível antes de iniciá-lo. Tudo dependerá da agenda para tudo.”.

O selo Killing Zone foi anunciado pela primeira vez no verão de 2018 como uma marca da DC que Johns iria supervisar e escrever. Foi revelado ao lado de outros projetos, como Sandman Universe, de Neil Gaiman, e uma misteriosa marca sobre a curadoria de Brian Michael Bendis que se tornaria a Wonder Comics. Killing Zone é descrito como um selo pop-up (não muito diferente do Young Animal de Gerard Way) que visa colocar o foco em propriedades DC menos conhecidas, bem como introduzir novas.

Como mencionado anteriormente, os detalhes pertencentes ao The Killing Zone estão escassos desde 2018 – levando alguns fãs da DC a especularem que a ideia foi descartada. De acordo com Johns, no entanto, a razão do atraso simplesmente parece ser uma questão de horários conflitantes. Dito isto, o escritor não revelou a identidade do artista que ele está esperando para se alistar ao projeto.

Sobre Willyan

Willyan Bertotto

Publicitário. Diretor de Arte, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

Últimas notícias