“Static”, no Brasil conhecido como Super Choque, e popularizado pela animação exibida pelo SBT, é um dos personagens mais populares do universo DC. O Virgil já apareceu em vários quadrinhos da editora, mas originalmente ele faz parte do Dakotaverse (O universo de personagens da Milestone).

Mesmo depois de ter atraído muito fãs com sua série de grande sucesso, o personagem não ganhou destaque em nenhuma mídia da DC. Os motivos por trás disso envolvem a Milestone, mas talvez as coisas estejam prestes a mudar.

Série animada do Super Choque.

A história começa com a Milestone, a empresa foi fundada em 1993 por Denys Cowan, Dwayne McDuffie e Michael Davis e pelo empresário Derek Dingle. Os quadrinhos eram publicados pela DC, mas os criadores tinham poder de decisão nas páginas e também por trás delas.

A principal premissa de suas histórias era a de trazer representatividade para os quadrinhos, um lugar onde as minorias sempre foram sub-representadas. Entre seus principais personagens podemos citar Hardware, Icon, Rocket, Super Choque e Xombi (Os 4 primeiros tiveram participações em episódios de Justiça Jovem).

Dwayne McDuffie, o cocriador do Virgil Hawkins (Super Choque), foi muito importante para indústria de quadrinhos dos anos 90, e é um dos grandes responsáveis pelo sucesso da Milestone. Ele é conhecido por seu trabalho nas animações (Ben 10: Força Alienígena e Liga da Justiça Sem Limites), mas seu principal trabalho foi a série animada do Super Choque.

Em 2011, McDuffie faleceu, e os outros fundadores então decidiram que eles deveriam se reunir e criar a Milestone 2.0. Os anos se passaram e em 2015 durante um painel, a DC anunciou o que seria a primeira tentativa frustada de voltar com a Milestone.

Super Choque, arte de Kyle Baker

Os anos passavam e não surgia nenhuma notícia promissora, até que durante a New York Comic-Con de 2017, foi anunciado que a Milestone Media voltaria. O projeto seria lançado em 2018, e estes personagens iriam viver na Terra-M. Cinco títulos foram anunciados, dentre eles o aguardado quadrinho do Super Choque, mas mais uma vez as coisas não aconteceram como previsto.

A grande volta da Milestone foi comprometida em 2017, quando Charlotte Fullerton, (Viúva de Dwayne McDuffie) decidiu processar a empresa, alegando que houve negligência quanto a importância de McDuffie, já que a parte dele não estava incluída nos planos da Milestone 2.0.

Quadrinhos na Milestone anunciados em 2017.

O site MyNewsLA.com publicou uma notícia em outubro de 2019, sobre o processo de Charlotte contra a Milestone 2.0. Segundo eles, o processo havia sido resolvido. Nenhum termo do acordo foi divulgado, mas Charlotte revelou que foi “Um resultado positivo para todos envolvidos”.

No dia 14 de fevereiro de 2020, foi revelado que a Charlotte Fullerton vai contribuir no especial de 80 anos do Lanterna Verde. As últimas notícias são muito positivas, e indicam uma aproximação de ambas partes.

Super Choque

Nos resta esperar notícias definitivas sobre tudo isso, mas espero que os personagens da Milestone possam brilhar novamente nas páginas da DC, e quem sabe o Super Choque não pode ser uma parte importante da “Geração Cinco: Era do Amanhã”? Leia mais aqui

A DC precisa de mais diversidade em seus quadrinhos, a volta da Milestone viria em um ótimo momento, e que além de ganhar as páginas, esses personagens poderiam e devem conquistar a TV e o cinema. PRECISAMOS mais do que nunca de um filme do Super Choque.

Sobre Danilo

Danilo Leite

Sou pernambucano e atualmente curso Design na UFPE. Sou apenas mais um fã da DC Comics, ou... a casa que o Batman construiu.

Últimas notícias