O ex-editor da DC Comics, Dan Didio, durante o podcast Drink & Draw, revelou seu maior arrependimento sobre o seu tempo na editora.

DiDio pontuou os erros que acredita ter cometido na época de relançamentos como, por exemplo, Os Novos 52. O ex-editor alegou que seu maior arrependimento foi a falta de equilíbrio dedicado entre o Ano 1 e 2.

Dan DiDio

Provavelmente meu maior arrependimento foi ter feito as coisas acontecerem rápido demais. Passamos de seis a oito meses construindo Os Novos 52, repensando os personagens, repensando os designs, repensando os vilões, repensando tudo para que fizesse sentido.

Dan citou que as coisas estavam se movendo rápido demais e gastando menos tempo para o desenvolvimento. O que acabou refletindo na hora de fazer mudanças em personagens que mereciam atenção e, por consequência, ganharam menos dedicação e energia para a realização destas melhorias.

O ex-editor também declarou que os fãs e leitores de quadrinhos ficavam impacientes para entender quais histórias eram, realmente, as mais importantes para aquela linha de publicação, fazendo vários fãs desistirem de acompanhar as edições.

DiDio deixou sua posição como co-editor da DC, em fevereiro deste ano, fazendo de Jim Lee, o editor único. Esta foi sua primeira aparição pública, desde então.

Sobre Andre

Andre Guilherme

Um viajante do Multiverso com Q.I elevado para Legos, dono de teorias imprevisíveis e intermináveis. Meus heróis preferidos são Superman e Lanterna Verde do John Stewart. Na vida civil, sou desenvolvedor de softwares, amante de Action Figures e tudo que envolva a DC Comics.

Últimas notícias