O escritor de quadrinhos, Scott Snyder, tem grandes planos a vista e eles não estão apenas limitados a saga ‘Dark Nights: Death Metal’ e seu trabalho de criação; ele também está querendo reviver a iniciativa da oficina de escrita da DC, para ajudar a trazer novos escritores para os quadrinhos da editora.

“Meu objetivo é também tentar colocar a oficina de ensino em funcionamento novamente, não tirar o oxigênio da linha principal e permitir que uma nova geração de escritores suba enquanto faço outras coisas.”, disse Snyder ao Newsarama.

Uma revisitação a oficina de criativos da DC seria uma continuação de um programa que trouxe mais de 20 novos escritores para a editora. O próprio Snyder tem uma longa história como professor, liderando aulas de escrita para a Universidade de Nova York, Columbia University e Sarah Lawrence College – com vários de seus ex-alunos, incluindo James Tynion e Marguerite Bennett passando a trabalhar no universo dos quadrinhos.

Os workshops de escrita da DC com Snyder fizeram parte de uma iniciativa maior chamada Talent Development Workshop, anunciada em 2016. A iniciativa teve duas faixas – uma para escritores ensinados por Snyder (e Geoff Johns), e outra para artistas ensinados pelo Editor/Diretor Criativo da DC, Jim Lee, juntamente com os artistas Andy Kubert e Klaus Janson. A iniciativa foi organizada por Bobbie Chase, o então vice-presidente de desenvolvimento de talentos da DC.

Com o objetivo declarado de dar “acesso e voz a talentos novos e potenciais”, a iniciativa do workshop ocorreu quatro vezes: um programa piloto somente para convidados em 2015 e sem aviso prévio na época, uma aula de primavera em 2016, uma classe de outono ainda em 2016 e uma classe em 2017.

 

O programa piloto de 2015 foi somente para convidados, e a lista de participantes não foi divulgada.

A primeira classe pública (no início de 2016), foi composta por Matthew Rosenberg, Andy Smith, Christopher Sebela, Emma Beeby, Erica Schultz, Hena Khan, Joelle Jones, Michael McMillian, Michael Moreci, Veronica Muniz-Soto e Vita Ayala.

No outono, Snyder deu mais uma rodada com os seguintes participantes: Owl Goingback, Erica Harrell, Desiree Proctor, Al Letson, David Accampo, Aaron Gillespie, Ryan Lindsay e Tony Patrick.

Em 2017, uma quarta sessão foram com os escritores Magdalene Visaggio, Sanya Anwar, Joey Esposito, Phillip Kennedy Johnson, Robert Jeffrey e Ryan Cady.

“Estou tão orgulhoso e honrado por estar liderando o Workshop de Escritores da DC.”, disse Snyder no anúncio de 2016. “Ensinar sempre foi uma paixão minha, e ajudar a receber e treinar novas vozes em uma empresa que me deu tantas oportunidades criativas é uma emoção tremenda.”

As três aulas funcionaram como cursos online de 13 semanas, com alguns dos alunos sendo convidados para os escritórios da DC em Burbank, Califórnia para uma experiência de escrita “intensiva” com Snyder e outros artistas.

Após a conclusão do curso, o grupo de desenvolvimento de talentos da DC trabalhou para obter amostras de escrita dos graduados na frente dos editores, contratando-os para projetos. Vários receberam atribuições em antologias (incluindo vários livros da New Talent Showcase) e de arcos como convidados em edições que estavam em andamento.

DC e Snyder não revelaram o motivo para a pausa da oficina desde então.

Sobre Willyan

Willyan Bertotto

Publicitário. Diretor de Arte, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

Últimas notícias