Há um tempo não muito distante, quando os editores da DC decidiram que precisavam fazer da Mulher-Maravilha uma personagem mais “ousada”, e para fazer isso, eles fizeram ela literalmente quebrar o pescoço de um vilão que ela havia amarrado com o Laço da Verdade. Esse vilão foi o famoso Maxwell Lord, e, tendo agora sido trazido de volta à vida, ele vai se juntar a Diana na edição mensal da Mulher-Maravilha, escrita por Mariko Tamaki e Steve Pugh’s chegando em outubro nas edições #764 e #765 e talvez além! Este é o mesmo Maxwell Lord que será interpretado pelo ator Pedro Pascal no próximo filme Mulher-Maravilha 1984. E nos quadrinhos, a dupla está indo para Miami. Via: [Screenrant].

Maxwell Lord é um vilão surpreendentemente frequente nas histórias da Mulher-Maravilha e da Liga da Justiça, que é mais conhecido nos tempos modernos por matar o Besouro Azul, Ted Cord com uma bala no olho, dando início ao crossover Crise Infinita. Um personagem humano supostamente comum cujas motivações vilanescas giravam em torno de seu desejo de policiar e controlar o que ele vê como auto proclamados vigilantes super poderosos. Foi revelado mais tarde que Lord tem habilidades psíquicas e que ele usou para controlar o Superman para atacar Diana. Depois que ele revelou que a única maneira de quebrar a hipnose era matá-lo, ela assim fez.

Depois de uma ressurreição e um reboot, Lord e Diana estão se unindo para buscar as armas psíquicas roubadas de Lord em Miami, Flórida. Lord, sendo o CEO da Lord Industries, provavelmente agirá em nome da Amanda Waller e do Governo dos EUA (tendo sido recrutado para a “Força Tarefa XI”).

Então, a última vez que ele alegou estar trabalhando para ajudar os heróis, ele pegou o sistema de vigilância em massa do Batman e usou para tentar acabar com a Liga da Justiça. Sua duplicidade é um de seus atributos mais retratados em todo o contínuo Multiverso, e por isso é improvável que essa dupla permaneça com as relações intactas. Além disso, de acordo com as solicitações, os dois vão da Miami dos anos 80 para a perigosa nação de Zandia, onde o jato invisível da Mulher-Maravilha é abatido e os dois são forçados a enfrentar facções rivais de super vilões agora armados com as armas de controle mental Lord.

Mulher-Maravilha #764 e #765 estará à venda nos EUA nos dias 13 e 27 de outubro.

Sobre Willyan

Willyan Bertotto

Publicitário. Diretor de Arte, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

Últimas notícias