O contrato de Brian Michael Bendis com a DC Comics vai além do inicialmente previsto. A DC firmou uma parceria para relançar as obras do selo Jinxworld, de propriedade do roteirista, assim como seus novos trabalhos autorais, tanto em formato físico quanto digital. Como se isso não bastasse, Bendis ainda vai ser curador de um selo dentro da editora.

Segundo o artista este apoio vai muito além do tradicional, ao que ele se referiu como uma verdadeira parceria que pode se tornar um marco na relação entre as editoras e roteiristas.

“Para a maioria das pessoas comprando os livros, eles não vão sentir nenhuma diferença. Mas nos bastidores está parceria é muito diferente. A Marvel foi graciosa e muito legal em publicar minhas coisas pelo selo Icon, mas o que a DC está fazendo pelo Jinxworld é uma parceria muito mais robusta. Eles estão dando cobertura, estão divulgando, estão tratando como se fosse um dos seus livros, e eu estou muito empolgado com isso.” Afirmou o roteirista.

 

Powers chegou a ganhar uma série televisiva, infelizmente cancelada em 2016.

 

As obras autorais do americano ainda são pouco conhecidas por essas bandas. A mais famosa segue sendo Powers, a série policial ambientada no universo de super-heróis teve apenas uma parte lançada no Brasil.

No selo anunciado, o autor vai servir como curador e também escrever seus próprios trabalhos aos moldes da parceria com Gerard Way e o selo Young Animal.

 

Segundo Brian M. Bendis, a ideia do projeto, cujo os primeiros trabalhos saem este ano, é experimentar novas possibilidades ao Universo DC.

“Eu estou feliz em dizer será estrelado por alguns dos meus personagens favoritos de todos os tempos da DC em situações unicas, e por isso eu não poderia estar mais empolgado”, confessou o roteirista.

E vocês também estão curioso para saber no que vai dar essa parceria? Diga nos comentários!

Sobre Shelton

Shelton Silva

Jornalista formado pela FAPCOM, iludido com a ideia de transformar o hobby em profissão. Um milhão de projetos na mente e outras centenas de páginas em branco. O objetivo é preencher uma de cada vez, um dia chego lá. A rotina certeira do desenrolar dos dias é meu pior inimigo, a arte e as paixões são minha fuga.

Últimas notícias