Embora tenha suas vantagens, ser filho de uma pessoa famosa pode ser bastante estressante. A pressão de se ter um pai ou mãe com fama já levou algumas crianças a se sentirem isoladas, pois não conseguem seguir o legado da família. A DC procura mudar isso com o anúncio da nova graphic novel para o público adolescente, ‘I Am Not Starfire’, e a introdução da personagem Mandy Koriand’r.

A edição mostrará a Estelar tendo problemas de relacionamento com sua filha. Mandy é exatamente o oposto de sua mãe em quase todos os sentidos possíveis. A adolescente é uma menina antissocial, que não suporta a ideia de fama da sua mãe. A constante enxurrada de perguntas dos jovens fãs da Estelar em aventuras com os Titãs, leva Mandy a tingir o cabelo de preto e evitar multidões a todo custo. Além de sua melhor amiga, Lincoln, a única outra pessoa com quem ela se importa na escola é sua paixão, Claire. A medida que Mandy começa a se abrir para Claire, o passado da Estelar volta para assombrar a heroína e sua filha.

A nova HQ da escritora Mariko Tamaki e do artista Yoshi Yoshitani, apresenta uma nova perspectiva sobre uma das heroínas mais amadas da DC. Pela descrição da trama, os fãs, sem dúvida, terão uma tonelada de perguntas, sendo a mais óbvia: quem é o pai de Mandy? Embora os fãs de longa data dos Jovens Titãs esperam que seja o amor conhecido da Estelar, o Dick Grayson, isso parece improvável dado que ele é tão famoso quanto a Estelar e Mandy nunca é questionada sobre ele.

Um mistério muito mais solucionável sobre a edição é os elementos envolvendo o passado de Estelar, que devem voltar para assombrar ela e Mandy. Blackfire é a vilã mais conhecida e poderia contrastar as diferenças entre ela e a Estelar com as diferenças entre a Estelar e Mandy.

Toda essa trama deve dar aos fãs dos Jovens Titãs e da Estelar mais do que motivos suficientes para justificar essa leitura. Lutas com identidade é frequentemente um tema importante entre os adolescentes, e Mandy está enfrentando uma crise de identidade em várias frentes. Não é apenas ser diferente de sua mãe que isola Mandy, também é se sentir deslocada enquanto tenta descobrir sua sexualidade. Aumentando ainda mais toda a pressão para Mandy, há sua herança alienígena. O planeta natal da Estelar, Tamaran, é um lugar pesado. A Estelar não tem interesse de falar sobre sua vida traumática em seu planeta natal, pois isso alimentará os problemas de Mandy com sua própria identidade.

A edição “I Am Not Starfire” tem previsão de lançamento nos EUA para o dia 10 de agosto de 2021.

Via: [ScreeRant].

Sobre Willyan

Willyan Bertotto

Publicitário. Diretor de Arte, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

Últimas notícias