Durante uma live no Instagram, o escritor Sam Humphires, responsável pelo título Harley Quinn, foi questionado se Arlequina e Hera Venenosa iriam se encontrar em breve [nos quadrinhos]. Humphires respondeu que adoraria escrever uma história sobre Arlequina e Hera Venenosa juntas, porém a DC compartilha um universo e nem sempre o personagem está disponível para ser utilizado. Via [Bleeding Cool].

Nem sempre o personagem está disponível ou outra coisa está acontecendo com ele. O fato é que, de alguma forma, a personagem não está disponível. Então, sem Hera neste momento,” Humphires afirmou. “Mas você pode vê-las reunidas em todo episódio da série animada da Arlequina no DC Universe neste momento,” o escritor completou elogiando a animação.

Sam foi questionando mais uma vez sobre a ausência de Hera Venenosa na vida da Arlequina [em Harley Quinn] e o escritor, bem humorado, respondeu: “Eu não removi a Hera da vida da Arlequina. Como eu já disse, é um universo compartilhado e nem sempre você consegue usar o personagem que quer. Eu adoraria usar a Hera agora, mas essa carta não está na mesa. Nem sempre somos nós [escritores] que decidimos quem aparece nos quadrinhos”.

Pode ser que o plano da editora seja reintroduzir Hera Venenosa como uma vilã, ou até mesmo terminar de uma vez com o relacionamento entre ela e a Arlequina, depois dos recentes acontecimentos no quadrinho Harley Quinn/Poison Ivy #6. Os fãs, insatisfeitos com o fim do relacionamento entre elas, acreditam que estejam presenciando um exemplo de straightwashing, que é quando ignoram ou alteram um personagem antes apresentado como LGBTQ+. Um forte indício disso é o recente interesse amoroso de Arlequina pelo Gladiador Dourado em Harley Quinn #71 e #72 escrita pelo próprio Sam Humphires.

Sobre Rayanne

Rayanne Matos

Capixaba. 1993. Bióloga. Sarcasmo. Socialmente distante. Hera Venenosa. Torre de Babel. Me envie fanfic. Time is money, money is power, power is pizza and pizza is knowledge. Let’s go!

Últimas notícias