Greg Rucka | Autor gostaria de adaptações de “Gotham: DPGC” e “Mulher-Maravilha: Hiketeia” nos cinemas

O roteirista Greg Rucka, durante entrevista ao Comicbook, revelou que alguns dos seus títulos da DC poderiam virar boas adaptações cinematográficas.

“Tenho sorte agora que muitas das minhas coisas que eu gostaria de ver se tornarem live action estão em vários estágios de desenvolvimento.”, disse Rucka em entrevista. “Eu vou dizer que acho que se houvesse uma coisa que eu realmente queria voltar e ver feito, como algo de live-action, são duas produções de propriedade da DC. A principal, ‘Gotham DPGC: No Cumprimento do Dever’. Mas não uma versão fake. Teria que ser algo fiel. Um conceito interessante.”

Gotham: DPGC foi uma série de quadrinhos na pegada policial escrita por Rucka e Ed Brubaker. A história se concentrou principalmente no Departamento de Polícia de Gotham City e em uma cidade cheia de crimes. A série era popular entre os fãs que a leram, mas foi atormentada por problemas de vendas, nunca debutando no TOP 100 e sendo cancelada após o evento Crise Infinita.

Mas ‘Gotham: DPGC’ não é a única propriedade da DC Comics que Rucka gostaria de ver adaptada. “Eu não diria não se alguém viesse e dissesse que gostaria de fazer um live-action de ‘Mulher-Maravilha: Hiketeia'”,diz Rucka. “Se alguém quisesse fazer ‘Mulher-Maravilha: Hiketeia’, com ela pisando na cabeça do Batman… Você sabe que seria possível, porque isso é realmente um filme de super-herói de baixo orçamento. Você pode fazer isso por cerca de 40 milhões. Isso seria muito legal.”

Em Hiketeia, concepções de justiças diferentes são representadas pela Mulher-Maravilha e pelo Batman, quando ambos entram em choque quando uma jovem assassina, protegida pela Princesa Amazona, é encontrada pelo Cavaleiro das Trevas.

Willyan Bertotto

Willyan Bertotto

Publicitário e pós-graduando em Gestão Empresarial. Diretor de Arte, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *