Dizem que os piores chegam ao poder, mas deve ser complicado de lidar quando essa pessoa é a sua ex. Essa é a realidade que Andrew Bennett tem que enfrentar, além de todos os vampiros que sua ex-namorada colocou para ir a caça dele. Acontece que apesar de ser um vampiro ele deseja proteger os humanos, para que inocentes não percam sua vida, e isso causa um conflito com que a sua raça pensa. Tudo isso é contado em sua série ‘Eu, Vampiro’, lançada na época dos Novos 52.

Mas nem sempre Andrew foi um vampiro. Ele era apenas um nobre de uma grande família da Idade Média, e que teve seu coração entregue ao amor por uma mulher, que como ele mesmo diz, de “classe inferior”. Claramente seu pai foi contra essa união, mas Andrew não ligou para sua família e foi em busca de sua paixão. Acontece que no meio do caminho, durante uma forte tempestade, Bennett teve sua carroça destruída em acidente causado por Cain, o primeiro dos vampiros. Ali, Andrew começou sua relação com o lado das trevas, ao ser transformado em um deles.

Andrew teve muitos questionamentos sobre como seria sua vida dali para frente, e como seguiria sem sua amada. Acontece que ele pensou em transformá-la em uma vampira, e seguirem juntos para sempre. Mas a vida nem sempre é um conto de fadas — muito menos nesse caso. Mary, sua então amada, ao ser transformada, decidiu que queria que a humanidade fosse servida em um banquete aos seus pares. Andrew não aceitava essa ideia, achava que poderiam viver muito bem se alimentado se sangue de vaca, e poupando os inocentes. Claramente essa discordância não deu muito certo entre eles, e Andrew se tornou o defensor dos humanos naquele momento, quase criando uma crise de identidade, e Mary se tornava a Rainha do Sangue.

‘Eu, Vampiro’ não foi a primeira HQ onde Andrew apareceu para os DCnautas. Sua primeira participação foi nas edições da revista ‘The House of Mystery’, além de participações em ‘The Brave and the Bold’, na edição #195. O vampiro do bem também faz parte do time da Liga da Justiça Sombria, após terem uma ajuda mútua.

Além de fazer parte da Liga da Justiça Sombria, Andrew já teve contato com outro herói do universo DC, inclusive da Liga da Justiça. Batman precisou contar com a ajuda do vampiro para impedir uma horda de monstros sedentos por sangue que estava em Gotham City. Isso aconteceu tanto em ‘The Brave and the Bold’ quanto em edições de ‘Justice League Dark’ e em sua própria revista ‘Eu, Vampiro’. Não é de se admirar que seu principal contato seja o Homem-Morcego, afinal já deviam estar unidos pelo destino.

Andrew é um vampiro muito talentoso e forte, e seus poderes vão muito além de ter sede por sangue. Ele consegue transformar seu corpo em uma espécie de fumaça e se materializar em outro lugar, o que é bem útil em batalhas. Outras habilidades são se transformar em morcego e lobo — sim, um vampiro se transforma em lobo —, regeneração, hipnose e telepatia. E mantendo o clássico ponto fraco, o sol é danoso para Andrew Bennett, isso não o mata, apenas anula seus poderes ao receber luz solar. Mas seu grande poder mesmo é ter uma aparência de um jovem de 25 anos, mesmo tendo 600. Com certeza todo mundo deseja ter esse poder.

O personagem foi criado por John Marc DeMatteis e por Tom Sutton, ainda nas edições de ‘The House of Mystery’. O título pensado originalmente seria ‘Greenberg’, mas recomendaram que seria melhor “Eu, Vampiro”, e acabou que foi melhor a troca. A série começou a circular em novembro de 2011, mas infelizmente parou de ser publicada em junho 2013.

Infelizmente ainda não vimos Andrew Bennett fora dos quadrinhos, nem em filmes, séries ou animações. Ainda temos esperança que saia algum filme da Liga da Justiça Sombria, e quem sabe ele possa aparecer para nós em outras mídias. Até lá, cabe a nós torcer para que façam acontecer.

Sobre Marcelo

Marcelo Coelho

Sou Marcelo Coelho, mas podem me chamar apenas de Coelho. Tenho 21 anos, formado em jornalismo pela FIAM-FAAM. Fascinado por esportes, cinema, games e esse grande universo que é a DC! Confesso que acabo torcendo para os vilões e que sinto saudades de almoçar vendo Super Choque e Liga da Justiça.

Últimas notícias