A Mulher-Gavião é uma heroína conhecida de todas as camadas de fãs dos quadrinhos. Ela ao longo de sua trajetória fez parte de grandes equipes, sendo considerada uma forte personagem do Universo DC e, em celebração aos seus 80 anos de criação, iremos relembrar grandes histórias, reencarnações e aparições nas grandes mídias.

Era de Ouro

A heroína criada por Gardner Fox e Dennis Neville teve a sua primeira aparição como Mulher-Gavião em Flash Comics #1, lançada em janeiro de 1940 como Shiera Sanders, reencarnação da princesa Chay-Ara, que viveu no antigo Egito.

Chay- Ara ganha seus poderes devido ao contato com o metal enésimo, um material vindo do planeta Thanagar. Na época, Chay-Ara e o príncipe Khufu formaram um laço conectando-os através de suas reencarnações, até que o casal foi assassinado pelo sacerdote de Anubis Hath-Set que posteriormente seria conhecido pelo nome Vandal Savage.

Na década de 40, a Princesa agora reencarna como a jornalista Shiera Sanders e utilizando as asas de metal enésimo desenvolvidas por Carter Hall, o Gavião-Negro, ela passa a lutar pela justiça como a Mulher-Gavião. O casal se juntou a Sociedade da Justiça, a primeira equipe de heróis da história dos quadrinhos criada pelo próprio Gardner Fox ao lado de Sheldon Meyer, como parte da formação original da equipe que estreou em All Star Comics #3 em 1940. Após a dissolução da Sociedade da Justiça, Shiera se aposentou ao lado do seu marido Carter e tiveram um filho chamado Hector Hall.

Era de Prata

Na Era de Prata, Gardner Fox e Joe Kubert trouxeram para os quadrinhos uma nova reencarnação da Mulher-Gavião, que teve sua estreia em Bravos e Destemidos #34 lançada em março de 1961. Apesar de realizar significativas mudanças na história da personagem, ele manteve os principais elementos, como a ligação com o planeta Thanagar e mantendo a existência de sua predecessora.

Nesta versão nascida nos anos 60, Shayera Hol ao lado de Katar Hol são membros do grupo Guardiões Alados, que serve como uma espécie de força policial do planeta Thanagar. Lá, os heróis são escolhidos para serem embaixadores do planeta na Terra e a heroína fez parte de uma formação da Liga da Justiça.

Em um arco lançado pré-evento Zero Hora, Shayera encontra a dupla de gaviões da Era de Ouro, Carter e Shiera, em uma história que resultou na fusão de todos os guerreiros alados para derrotar o Deus Gavião que estava indo em direção a Terra após destruir o planeta natal dos heróis.

Anos 90 – A terceira Mulher-Gavião

A terceira heroína a ganhar o título de Mulher-Gavião tem referência direta a primeira versão da personagem que estreou na década de 40. Kendra Saunders é sobrinha neta de Shiera Saunders e foi idealizada por Geoff Jonhs e James Robinson, estreando em JSA Secret Files #1, lançada em 1999.

A origem de Kendra utiliza-se do elemento de reencarnação que é constante nas histórias da personagem. A heroína cometeu suicídio aos 19 anos sendo ressuscitada por Shiera, mantendo assim as memórias da vida passada da antiga Mulher-Gavião. Após vagar por muitos anos nas ruas, ela encontra Speed Saunders que a acolhe e a treina para ser a nova Mulher-Gavião.

Kendra fez parte tanto da Liga da Justiça quanto da Sociedade da Justiça participando de eventos como Crise Final em que foi seriamente ferida, e sendo uma das heroínas ressuscitadas pelo Anel Negro no arco ‘A Noite Mais Densa‘. Essa terceira reencarnação foi a primeira vez que o destino não une Gavião-Negro e Mulher-Gavião.

‘Os Novos 52’ e ‘Noites de Trevas : Metal

Em ‘Os Novos 52’ a Mulher Gavião assim como diversos heróis, também teve sua história recontada na mensal ‘Terra 2’ com o nome de Kendra Munoz-Saunders, uma caçadora de tesouros negra e latina que entra em contato com uma maldição durante missão no Egito, ganhando em seu corpo asas gigantes. Na mensal, a heroína faz parte da Sociedade da Justiça da Terra 2, tendo como colegas de equipe outros heróis da Era de Ouro como Jay Garrick e o Lanterna Verde de Alan Scott.

Em ‘Noites de Trevas: Metal’, a história do povo de Thanagar é um ponto importante da jornada dos heróis para deter a invasão dos Cavaleiros das Trevas e do Multiverso Sombrio. A ligação entre os metais e o próprio metal enésimo trazem até uma investigação realizada pelo primeiro Gavião-Negro. Saunders participa como líder de uma força tarefa que luta para deter o avanço do Multiverso Sombrio. Neste evento, surge a Mulher-Gavião Negro, uma versão de Saunders envenenada pela matéria escura do Multiverso de Trevas.

Outras mídias

Além de sua história de 80 anos nos quadrinhos, a Mulher-Gavião é figura recorrente em outras mídias como games, séries e animações. Confira algumas participações da heroína nessas produções:

Injustice Gods Among us ( PlayStation 4, Android, PlayStation 3, Xbox 360, iOS, PlayStation Vita, Wii U)

Lançado em 2013, o jogo foi desenvolvido pela Warner Bros Games e a NetherRealm Studios, responsável pela sequência Injustice 2, Mortal Kombat 11 além da versão para celular dos jogos da franquia Arkham: Batman: Arkham Origins e Batman: Arkham City Lockdown.

A história é sobre um futuro distópico no qual o Superman se torna um ditador após a morte de Lois Lane. A participação da Mulher-Gavião acontece no capitulo 4 e a personagem esta disponível nos outros modos do jogo como a versão de Shiera Saunders, posteriormente uma skin da heroína é lançada na versão de Kendra Saunders. No Brasil, a personagem foi dublada por Andrea Murucci, já conhecida por ser a voz da heroína na série animada Liga da Justiça e Liga da Justiça: Sem Limites.

Liga da Justiça: Sem Limites

Com certeza essa animação é inesquecível para os fãs da DC, principalmente os de longa data. A série animada da Liga da Justiça faz parte de um projeto de animações lançado por Bruce Timm e Paul Dini que iniciaram com séries individuais do Batman, Superman, Projeto Zeta até as aventuras da Liga da Justiça no ano de 2001.

O seriado animado possui o total de 91 episódios, 52 de Liga da Justiça e 39 da sua sequência ‘Sem Limites’ que inicia-se em 2006 após o encerramento da segunda temporada. A Mulher-Gavião é uma das protagonistas da animação como parte regular da equipe, relembrando sua trajetória nos quadrinhos em que fez parte tanto da equipe que reuniu os maiores heróis da Terra como da Sociedade da Justiça.

A encarnação da heroína que foi escolhida para animação foi Shayera Hol e sua origem é como agente da lei do planeta Thanagar, seguindo os quadrinhos da Era de Prata. No decorrer da temporada, há um romance com o Lanterna Verde John Stewart e, no episódio Era Uma Vez Pelo Tempo de Liga da Justiça: Sem Limites, é revelado que o casal teve um filho chamado Rex Stewart, o Gavião-Guerreiro. O herói filho de John e Shayera já havia participado da animação Batman do Futuro.

Smallville e Arrowverso

Nas séries em live action houveram participações da Mulher-Gavião tanto no seriado que marcou época ‘Smallville’ quanto no universo compartilhado de séries Arrowverso.

Em ‘Smallville’, a heroína foi interpretada pela atriz Sahar Biniaz como Shayera Hall em um flashback que ocorre no segundo episódio da décima temporada, intitulado Shield. Na temporada anterior é revelado o elmo e a maça, a arma característica da heroína ao longo de suas oito décadas de história.

No Arrowverso a versão exibida é de Kendra Saunders, interpretada por Ciara Renée, estreando em 2016 no quinto episódio da segunda temporada de The Flash intitulado ‘The Darkness and The Light’ e no sétimo episódio ‘Gorilla Warfare’ como uma barista do Jitters até sua identidade como Mulher-Gavião ser revelada no oitavo episódio ‘Legends of Today‘, um dos episódios do crossover entre The Flash e Arrow, dando início a série Legends of Tomorrow.

No seriado ‘Legends Of Tomorrow’ ao lado de Carter Hall, fez parte da equipe de heróis reunida na primeira temporada cujo o vilão principal foi Vandal Savage, interpretado por Casper Crump, um dos inimigos do casal ao longo de sua história nos quadrinhos. A temporada foi lançada com 16 episódios com a heroína se despedindo da equipe ao final e atualmente Legends está na sua quinta temporada.

Sobre Ricardo

Avatar

Fã de quadrinhos, séries, filmes e games. Apaixonado por DC de Grant Morrison a Alan Moore. Mais um privilegiado de estar na amada Terraverso.

Últimas notícias