No dia mais claro, na noite mais densa, nenhum mal escapará à minha presença. Todo aquele que venera o mal há de penar, quando o poder do Lanterna Verde enfrentar.

Desde o primeiro Lanterna Verde a levantar seu anel para o céu até o mais recente, todos os super-heróis da tropa espacial ocupam um espaço importante e integral dentro do Universo DC. Muitos fizeram o juramento, se comprometendo a defender seu setor de qualquer ameaça. Agora, em 2020, o grupo de policiais espaciais, formado por seres de todas as raças e lugares, está comemorando 80 anos de sua criação!

O primeiro Lanterna surgiu em 1940, Alan Scott, criado por Martin Nodell, apareceu na edição All-American Comics #16, desenhado por Sheldon Moldoff. Alan carregava um anel com poderes místicos, com capacidade de transformar seus pensamentos em energia física, construindo tudo que o herói pudesse imaginar. Um dos membros fundadores da Sociedade da Justiça, Scott não faz parte da Tropa dos Lanternas, mas a fonte de energia de seu anel é a mesma de seus colegas.

Mas foi no ano de 1959 que o Lanterna mais conhecido e popular foi criado, na edição Showcase #22, Hal Jordan fazia sua estreia. Criado por John Broome e desenhado pela primeira vez pelas mãos de Gil Kane, Jordan, um piloto de segunda geração, foi o segundo terráqueo escolhido pelo anel para proteger a Terra. Criado como uma reinvenção de Alan Scott, Jordan explodiu em popularidade, sendo figura fixa em todos os momentos marcantes da mitologia da DC. Chegando ao topo da Tropa, Jordan é um dos membros fundadores da Liga da Justiça.

Outro nome que predomina quando o assunto é popularidade é o John Stewart, o quarto Lanterna Verde da Terra, que surgiu em 1971, poucos anos após a criação de Guy Gardner, o terceiro Lanterna. Sua primeira aparição aconteceu em Green Lantern Vol. 2 #87, quando o artista Neal Adams sugeriu um substituto para Hal Jordan, e que o mesmo fosse preto. “Devemos ter um Lanterna Verde preto, não porque somos liberais, mas porque faz sentido.” – afirmou Adams sobre a criação do herói.

Desenhado com inspiração na imagem do ator da época, Sidney Poitier, John cresceu em popularidade nos tempos modernos da DC, sendo marcado por ser o rosto principal nas HQ’s do Lanterna após a saída de Hal Jordan. Além da representatividade, Stewart é importante na continuidade das historias dos Lanternas de diversas maneiras, ficando extremamente popular durante sua participação nas séries animadas da Liga da Justiça e Liga da Justiça: Sem Limites.

A Tropa dos Lanternas Verde

Green Lantern Corps é uma organização intergaláctica militarizada que patrulha os lugares mais distantes do Universo DC. Liderados pelos Guardiões do Universo, a Tropa é formada por seres de todas as partes da galáxia, humanos ou alienígenas.

Ela foi criada pelos Guardiões, após sua primeira ideia de proteção ao universo, os Caçadores Cósmicos, terem se rebelado contra eles. Os Guardiões decidiram que sua nova força de soldados consistiria em seres vivos, que possuem livre-arbítrio e caráter moral. Para formar essa nova legião de guerreiros, os Anéis do Poder foram criados, anéis de tecnologia inconcebivelmente avançada que permitiam que seus usuários projetassem raios verdes de energia com os quais o portador pudesse conjurar objetos de qualquer tamanho ou forma, limitados apenas pela imaginação daquele que o possui.

Inicialmente constituído por apenas algumas dezenas de Agentes por vez, a Tropa aumentou radicalmente seu número nos últimos 1000 anos, com os Guardiões procurando trazer ordem ao planeta conhecido como Apokolips, a casa de Darkseid. Convencidos pelo Lanterna Verde Raker Qarrigat, que após a sua visita ao planeta de Darkseid, retornou a Oa exigindo um exército, iniciaram-se um recrutamento massivo, com os primeiros Lanternas induzindo milhares de novos membros, entre eles, os terráqueos famosos na mitologia da DC.

SINESTRO

Conhecido como o arqui-inimigo de Hal Jordan, Thaal Sinestro do planeta Korugar foi um membro exemplar da Tropa dos Lanternas. Corrompido pela ganância de poder, Sinestro foi preso por crimes contra seu próprio povo, após tentar tomar o controle de seu planeta natal, Korugar. Banido para o planeta Qward, no Universo de Anti-matéria, Sinestro entra em contato com a luz amarela e toda sua força de impureza, descobrindo suas habilidades de afetar e derrotar a força de vontade e coragem que é representada pela luz verde dos Lanternas criados pelos Guardiões. Desenvolvendo uma bateria que aprisiona forças da impuridade diretamente de Parallax, uma entidade demoníaca, Sinestro cria a Lanterna Amarela, mais tarde criando sua própria Tropa dos Lanternas Amarelos, também conhecida como Tropa Sinestro.

OUTROS PERSONAGENS:

Parallax – Entidade cósmica demoníaca parasita conhecida como representação física do medo no espectro emocional. Sua criação surgiu no início da existência de tudo. As influências da entidade provocaram a formação de seres vivos que, por sua vez, formaram um espectro eletromagnético emocional. Parallax mostrou-se a segunda personificação da emoção que foi formada quando os seres vivos começaram a temer por sua existência, viajando de mundo em mundo e fazendo com que civilizações inteiras se destruam por paranoia. A entidade já chegou a ser aprisionada pelos Guardiões na central das baterias das Lanternas em Oa, onde a energia contrária era usada para criar a força de vontade, uma força que vitaliza as lanternas usadas pelos Lanternas Verde. Com isso, Parallax vivia dormente por bilhões de anos, com sua existência mantida em segredo pelos Guardiões, voltando a ser acordado por Sinestro.

Guardiões do Universo – Uma raça de imortais que residem no planeta Oa, os Guardiões surgiram nos primeiros dias do Universo, primeiramente nativos do planeta super-populado Maltus. Sua inteligencia e resiliência levaram eles a evolução, se tornando seres imortais e de grande poder. Após experimentos proibidos de um dos seus irmãos, o cientista Krona, consequências terríveis para o universo os obrigam a se mudarem para o planeta Oa, onde eles se declaram os Guardiões do Universo.

Caçadores Cósmicos – Androides criados pelos Guardiões a 3.5 bilhões de anos. Eles patrulhavam o universo defendendo as crenças e leis estipuladas pelos seus criadores. Em certo momento, os Caçadores se provaram defeituosos pelos Guardiões, quando os androides acabaram se ressentindo de sua servidão, unido com sua incapacidade de sentir medo. Se rebelando contra os Guardiões, uma guerra milenar que culminou com um ataque ao planeta Oa fez com que os Guardiões banissem seus androides, tirando seus poderes e caçando os sobreviventes no universo. Eventualmente, eles formaram sua própria sociedade robótica, que vive interferindo nos planos da Tropa.

Kyle Rayner – Conhecido como o “Primeiro Lanterna Verde Moderno,” Kyle é um membro de notoriedade na Tropa, tomando a liderança diversas vezes. Criado para substituir Hal Jordan, Rayner foi presenteado com um anel por um Guardião, alegando que Rayner estava no lugar certo e na hora certa. Integrando a Liga da Justiça de Grant Morrison, Kyle protagonizou momentos importantes das últimas duas décadas nas histórias principais da Tropa.

Jessica Cruz – Criada por Geoff Johns, Jessica foi a primeira mulher terráquea a entrar para a Tropa. Vítima de um trauma, Jessica se tranca em um quarto durante 4 anos após presenciar a morte de seus amigos. Escolhida por um anel que também passou por um trauma, Jessica encontra conforto em seu novo ‘companheiro’ que assim como ela, precisa encontrar forças e lutar através sua ansiedade, aceitando seu papel de vítima mas crescendo para algo além disso. Treinada por Hal Jordan, Jessica também faz parte da Liga da Justiça.

Simon Baz – Libanês-Americano, Simon tinha apenas 10 anos quando assistia aos eventos do trágico World Trade Center na televisão. Nos anos seguintes, Simon tomou para sí a responsabilidade de proteger sua família muçulmana dos ataques de vizinhos e estranhos. Piloto de corridas clandestinas, Simon fazia o que podia para se sustentar; Após se envolver em um roubo que deu errado, Simon vira suspeito de possuir um veículo repleto de explosivos. Sem conseguir provar sua inocência, o jovem é deportado e torturado. E foi assim que um anel do poder o encontrou, vendo nele um bom candidato para integrar a Tropa dos Lanternas Verde. Baz e Jessica Cruz formam um casal.

Novos Rostos

Pouco se sabe sobre os novos rostos da Tropa, mas os grandes destaques vão para Sojourner Mullein, que tem sua própria série de HQs em “DC’s Far Sector” e os adolescentes Tai Pham e Keli Quintela. Tai se torna herdeiro do anel do poder de sua avó, o tornando um Lanterna na HQ “Green Lantern: Legacy”, enquanto Keli faz parte da Justiça Jovem, se unindo ao time após conseguir hakear a bateria de um anel do poder.

Sobre Juan

Juan Almeida

"Lembrai, lembrai, o cinco de novembro. A pólvora, a traição e o ardil; por isso não vejo porque esquecer; uma traição de pólvora tão vil" - “V for Vendetta”

Últimas notícias