Foram revelados os vencedores o Prêmio Eisner 2020, o Oscar da indústria dos quadrinhos.  A DC Comics estava concorrendo em 10 categorias com 12 indicações e faturou um dos prêmios.  Mariko Tamaki, a escritora de “Harley Quinn: Breaking Glass” venceu o Eisner na categoria “Melhor Escritor” na Comic Con At Home.

Mariko Tamaki concorreu com:

  • Bobby Curnow, Ghost Tree (IDW)
  • MK Reed and Greg Means, Penny Nichols (Top Shelf)
  • Mariko Tamaki, Harley Quinn: Breaking Glass (DC); Laura Dean Keeps Breaking Up with Me (First Second/Macmillan); Archie (Archie)
  • Lewis Trondheim, Stay (Magnetic Press); Maggy Garrisson (SelfMadeHero)
  • G. Willow Wilson, Invisible Kingdom (Berger Books/Dark Horse); Ms. Marvel (Marvel)
  • Chip Zdarsky, White Trees (Image); Daredevil, Spider-Man: Life Story (Marvel); Afterlift (comiXology Originals)

Confira todos os vencedores no vídeo abaixo:

Lembrando que Mariko Tamaki se juntará ao artista Mikel Janin como a escritora das edições mensais da “Mulher-Maravilha”, começando na edição #759, que será lançada no dia 28 de julho, nos EUA.

 

Sobre Willyan

Willyan Bertotto

Publicitário. Diretor de Arte, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

Últimas notícias