Doomsday Clock | Geoff Johns comenta sobre como a edição influenciará no universo DC

Geoff Johns, em recente conversa com o IGN, afirmou que para ele e Gary Frank, essas são histórias mais pessoais.

“Esta é provavelmente a história mais pessoal que já escrevi, e certamente para Gary é o projeto mais pessoal que ele já trabalhou. Estamos falando e lidando com coisas que normalmente nunca fizemos em quadrinhos, e para mim isso é realmente emocionante, é excitante explorar coisas diferentes, aprofundar esses personagens mais do que nunca.”

Havia dúvidas quanto a possibilidade de Dr. Manhatan ser o antagonista nesse arco. Mas na verdade, é uma história que fala de um mundo sem uma criatura divina. Ele comentou também que Dr. Manhatan é o único que pode mudar as fundações do universo DC. A série terá 12 volumes e ocorrerá um ano a frente da linha temporal da DC. Johns comentou que adorou bolar a história em que o personagem mais inteligente da DC (Lex Luthor) interage com o mais inteligente de Watchmen (Ozymandias). Estamos ansiosos pra receber em português essa incrível série.

Will Rodrigues

Estivador, Escritor, Gênero: Terror, Futuro Cavalheiro de Windsor, Morador de Mordor, Batfã, Notívago. Escrevo para o UDC52 e para a humanidade por hobby. Fora os poemas pra alguém especial. "Não leve a vida tão a sério. Você não vai sair vivo dela."

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of