Ser um herói e levar uma vida dupla, na maioria das vezes pode ser doloroso, pois com o passar dos tempos estes vigilantes vão ganhando aliados e até mesmo fazendo amizades. Porém nem sempre elas trazem só alegria. A mais recente edição de Detective Comics apresenta o Batman passando por um destes momentos.

Leslie Thompkins dedicava sua vida a ajudar crianças, evitando assim que elas entrassem para o crime. E nas edições mais recentes da publicação, ela era retratada como uma amiga próxima de Thomas Wayne (pai de Bruce Wayne/Batman) e confortou o garoto após o assassinato dos seus pais.

Na HQ #995, a clínica da doutora Leslie Thompkins foi atacada por um misterioso personagem e ele usou o gás do riso do Coringa para infectar a doutora.

Na tentativa de salvar a amiga e aliada, o homem-morcego a leva para a Batcaverna e com a ajuda de Alfred tentam aplicar um antídoto na doutora, porém em vão. Leslie antes de morrer faz um último pedido e diz ao herói para “Seguir lutando por Gotham”. Bruce e Alfred então percebem que a toxina aplicada na doutora na verdade é uma variação, assim o soro acabou ineficaz.

Confira prévia da HQ:

Sobre Lucas

Avatar

Sou publicitário formado pela UFSM, mestre e doutorando em comunicação pela UFSM também. Fora isso, apenas alguém apaixonado pelo mundo nerd.

Últimas notícias