A DC anunciou hoje a iniciativa DC Pride, uma antologia em quadrinhos de 80 páginas com personagens LGBTQIA +  de todo o Universo DC, e mais os títulos Crush & Lobo, uma nova minissérie de oito edições escrita por Mariko Tamaki, de Harley Quinn: Breaking Glass, com arte de Amancay Nahuelpan, de Asa Noturna e Mulher-Maravilha.

–  Texto por DC Publicity traduzido e adaptado em português. –

DC Pride #1 contará com personagens LGBTQIA + de todos os cantos do universo em constante expansão da DC, incluindo participações especiais das favoritas dos fãs, Batwoman, Renee Montoya, Alan Scott, Midnighter, Apollo, Extraño, Poison Ivy, Harley Quinn, Constantine e muito mais. As equipes de criação da DC Pride e os personagens para os quais eles estão desenvolvendo histórias são:

  • Batwoman (Kate Kane) por James Tynion IV e Trung Le Nguyen
  • Poison Ivy e Harley Quinn de Mariko Tamaki e Amy Reeder
  • Midnighter de Steve Orlando e Stephen Byrne
  • Flash of Earth-11 (Jess Chambers) por Danny Lore e Lisa Sterle
  • Lanterna Verde (Alan Scott) e Obsidian por Sam Johns e Klaus Janson
  • Aqualad (Jackson Hyde) por Andrew Wheeler e Luciano Vecchio
  • Dreamer de Nicole Maines e Rachel Stott
  • Renee Montoya por Vita Ayala e Skylar Patridge
  • Pied Piper de Sina Grace, Ro Stein e Ted Brandt

Além disso, DC Pride #1 incluirá perfis de página inteira dos personagens LGBTQIA + da DCTV e dos atores que os interpretam. Para os fãs da Supergirl da CW, ver a primeira aparição em quadrinhos da Sonhadora, uma super-heroína trans, em uma história escrita pela própria atriz Nicole Maines – que interpreta Nia Nal na série – pode ser algo extremamente emocionante.

Com Crush & Lobo, que será lançado em 1º de junho e o DC Pride no dia 8 de junho, a DC também publicará uma série de nove capas variantes temáticas Pride em junho, apresentando os principais personagens da editora pelas mãos dos principais artistas da indústria de quadrinhos.

Com capas variantes temáticas, as obras apresentarão artes de Kris Anka, Jen Bartel, Stephen Byrne, Paulina Ganucheau, Travis G. Moore, David Talaski, Kevin Wada e Yoshi Yoshitani.

Os títulos do selo Young Animal, ‘Poison Ivy: Thorns’ e ‘I Am Not Starfire’ fazem sua estreia em 2021, e ‘Suicide Squad: Bad Blood’ indicado no Prêmio GLAAD, traz personagens LGBTQIA + para a linha de frente das publicações da DC.  A capa do DC Pride #1 é de Jim Lee, Scott Williams e Tamra Bonvillain.

A DC também lançará uma série de capas de variantes temáticas do Orgulho apresentando os personagens principais da DC durante o mês de junho, dando aos fãs a oportunidade de comprar quadrinhos com capas de Batman, Harley, Hera Venenosa, Superman, Mulher-Maravilha e muito mais, tudo com a participação de artistas dos quadrinhos!

Capa da variante do Orgulho do Batman #109 por Jen Bartel
Capa da variante do Crush & Lobo nº 1 Orgulho de Yoshi Yoshitani
Capa da variante DC Pride # 1 Pride por Jen Bartel
Harley Quinn #4 Pride variante cover de Kris Anka
Capa da variante Nightwing #81 Pride por Travis G. Moore
Capa da variante do Orgulho do Superman #32 por David Talaski
Capa da variante do Orgulho 4 da Teen Titans Academy por Stephen Byrne
Capa da variante da Wonder Girl #2 Pride por Kevin Wada
Capa da variante do Orgulho da Mulher Maravilha #773 por Paulina Ganucheau

Mas os planos de DC Pride não se limitam a junho! Crush & Lobo de Tamaki e Nahuelpan, saindo das páginas da Teen Titans Academy, estreará com uma capa de Kris Anka, uma capa variante por Yoshi Yoshitani, outra por Christian Ward, e uma exclusiva por Dan Hipp para varejistas participantes. Nesta nova minissérie de oito edições publicada entre junho de 2021 e janeiro de 2022, Crush, filha do caçador de recompensas Lobo, está em modo de autodestruição total! Depois de abandonar os Jovens Titãs e destruir seu relacionamento com sua namorada Katie, Crush decide que é hora de finalmente confrontar seu pai na prisão espacial e ter seus problemas organizados antes que ela destrua tudo. Tal pai, tal filha?

A DC também publicará ‘Suicide Squad: Bad Blood’ de Tom Taylor e Bruno Redondo em 27 de abril; ‘Thorns’ com o romance gótico LGBTQIA + da Poison Ivy em 1º de junho, e a HQ com data antecipada de Mariko Tamaki e Yoshi Yoshitani: ‘I Am Not Starfire’, publicada em 27 de julho como parte dos planos gerais do DC Pride da editora em 2021, além de Lois Lane por Greg Rucka e Mike Perkinn.

Lembrando que Far Sector por NK Jemisin e Jamal Campbell e ‘You Brought Me The Ocean‘ de Alex Sánchez e Julie Maroh também foram nomeados para o GLAAD Media Awards em 2021!

Sobre Juan

Juan Santos

"Lembrai, lembrai, o cinco de novembro. A pólvora, a traição e o ardil; por isso não vejo porque esquecer; uma traição de pólvora tão vil" - “V for Vendetta”

Últimas notícias