Todos querem se sentir representados seja em um filme, um quadrinho, ou série, e a DC não falha quando esse é o assunto. Por isso a GLSEN (Gay, Lesbian, and Straight Entertainment Network) anunciou que a empresa vai receber o prêmio Visionary Award, pela diversidade em suas mídias e o “compromisso em contar histórias diversificadas”.

A Diretora Executiva da GLSEN, Eliza Byard, disse em entrevista que esse compromisso da DC é “incrivelmente importante e empoderador“, e comentou sobre a premiação: “Os super-heróis possuem uma posição poderosa na cultura popular. Igualmente poderosa é a oportunidade do público jovem LGBTQ poder ver semelhantes em nosso mundo, e a DC permite exatamente isso“.

Duas personagens que ganharam destaque pela GLSEN foram Batwoman, por ser a “a primeira super-heroína lésbica como líder de quadrinhos”, e a Batgirl Alysia Yeoh, por ser a “primeira personagem trans.” Mas outros também foram citados, como Mulher-Gato, Meia Noite e a versão feminina do Questão. As séries Arrow, Supergirl, Legends of Tomorrow e Gotham também foram elogiadas pela inclusão!

A presidente da DC, Diane Nelson, ainda reforçou que a empresa vai continuar seguindo nesse caminho: “Na DC estamos comprometidos em contar histórias que refletem e inspiram nossos públicos diversificados e estamos empolgados para celebrar com os estudantes e ativistas LGBTQ de todo o país“.

A premiação acontece dia 20 de outubro, em Los Angeles. Muito orgulho da nossa DC <3

Sobre Gabriela

Gabriela Orsini

Jornalista formada na PUC-SP, fotógrafa por paixão, e bailarina por teimosia. Apaixonada pela DC desde pequenina, fangirl do Batman e da Batgirl. E da Ravena, como não ser. Sou uma devoradora de livros e cinéfila até que se prove contrário. Objetivo de vida: tirar uma foto decente com o Jason Momoa (um deles, apenas). Sonho de vida: conhecer todos os países do mundo.

Últimas notícias