O escritor Scott Lobdell, que escreve a HQ Capuz Vermelho e os Foras da Lei (Red Hood and the Outlaws) desde o início dos Novos 52, em 2011, está deixando a revista. Em seu Instagram, ele publicou:

“Estou me afastando do trabalho freelancer remanescente em Red Hood e The Outlaws, imediatamente. A edição 50, em outubro, será a minha edição final. Enquanto eu estou profundamente agradecido pelos últimos dez anos nesse ‘livro’ que conta a história de um homem tragicamente defeituoso em busca de redenção, eu parto certo de que minha vaga será preenchida por uma nova voz dinâmica.”

Scott Lobdell | Guia dos Quadrinhos

Lobdell fez um certo sucesso com a revista, tendo mantido a regularidade da mesma nas vendas. Ele se junta a escritores como Chuck Dixon na revista Robin, Mark Waid no Flash, e Geoff Johns no Lanterna Verde como um dos mais longevos runs recentes na mesma revista (contando Red Hood and the Outlaws dos Novos 52 e a atual, do Rebirth).

Porém, em mais um triste episódio de assédio na indústria, algumas horas depois surgiram acusações de assédio de roteiristas e artistas de HQs contra Lobdell. As quadrinistas Tess Fowler e Alex de Campi foram ao Twitter após o anúncio do escritor sobre sua saída, dizendo que no início de suas respectivas carreiras, ele ofereceu ajuda à elas em troca de abusá-las (à elas e a outras garotas). Abaixo, os tweets citados:

Sobre Daniel

Avatar

Louco por explorar vários cantos da cultura pop, em especial filmes e HQs. E em especial os da casa das Lendas, que produziu e continua produzindo tantas histórias marcantes.

Últimas notícias