Blue Beetle #18 chega às comic shops americanas em fevereiro para sua última edição. O título, ainda inédito no Brasil, estava vindo de baixas vendas, sendo que sua última edição vendeu menos de 10 mil cópias.

A HQ terá o mesmo fim que Superwoman, que foi o primeiro cancelamento do Renascimento.

O título veio de boas críticas em seu primeiro arco, escrito por Keith Giffen com desenhos de Scott Kolins, mas começou a perder força já na história seguinte. Tivemos ainda uma mudança de equipe criativa, que indicava um novo rumo para a obra, mas Chris Sebela parece ter sido chamado para se certificar que todas as amarras sejam presas quando as luzes se apagarem para nosso herói.

Blue Beetle e Supersons são os únicos títulos já encadernados lá fora, que ainda são inéditos no Brasil. Resta saber agora se o cancelamento fará a Panini recear por trazer o personagem para o país, visto que na fase dos Novos 52 ela trouxe apenas o primeiro arco, e acabou não concluindo a fase, que tinha uma qualidade um tanto fraca.

Saiba mais sobre o Renascimento DC.

Sobre Marcelo

Avatar

Empresário, amante da DC Comics.

Últimas notícias