O manto do Besouro Azul (no inglês: Blue Beetle) foi assumido por três diferentes pessoas em alguns momentos das histórias da DC. Vale aqui destacar que cada um deles tem suas próprias particularidades, tornado até mesmo quase impossível confundi-los.

Embora ele possa ter começado como um aventureiro mascarado genérico da Idade de Ouro, o Besouro Azul passou de um super-humano moderadamente aprimorado para se tornar um dos adolescentes mais poderosos do planeta. Para entender completamente o legado, é preciso primeiro examinar cada herói que utilizou a identidade do personagem.

ORIGEM DOS PODERES

Antes de tudo, devemos contextualizar sobre sua criação e origem de seus poderes. O herói fez sua primeira aparição em ‘Mystery Men Comics #1′, em agosto de 1939, porém a DC reconhece canonicamente nas histórias sua aparição em 1964, pelo selo Charlton Comics. Ele foi criado por Will Eisner e Charles Nicholas e a fonte de seus poderes é um aparato alienígena chamado Escaravelho.

Jaime Reyes com o Escaravelho em ‘Liga da Justiça Jovem’

Quando o Escaravelho está ligado a um ser vivo, ele confere ao portador uma armadura super resistente, com diversas funcionalidades. Dentre suas habilidades, estão o uso de telepatia entre o hospedeiro e o artefato, super força e agilidade, voo, capacidade de disparar raios de energia através dos canhões presentes no uniforme, cura acelerada e a habilidade de falar qualquer tipo de dialeto.

Esta peça de tecnologia foi criada por uma raça alienígena chamada Reach, que os enviaram para diferentes planetas com a finalidade de obter informações sobre estes locais, porém na Terra, isso ocasionou o surgimento de um novo herói, o Besouro Azul. Os Reach decidiram enviar este aparelho para vários planetas para tentar obter informações privilegiadas sobre esses locais. Contudo na Terra, o Escaravelho deu origem a um novo super-herói e a um legado assumido por três pessoas diferentes.

DAN GARRETT, O PRIMEIRO BESOURO AZUL

Dan foi o primeiro ser humano a assumir a identidade de Besouro Azul. Apesar dele ter tecnicamente aparecido pela primeira vez em 1939, como um super policial quimicamente aprimorado na editora Fox Comics. Sua primeira aparição canônica foi em Besouro Azul #1, de junho de 1964, agora pelo selo Charlton Comics, retratado como um arqueólogo que descobriu um Escaravelho azul brilhante na tumba do Faraó Kha-ef-re. Ao recitar a frase “Kaji Dha”, Garrett ganhou diversas habilidades, como super força, voo e projeção de energia. Seu corpo também ficou envolto em uma armadura resistente de malha azul, que suporta armas de fogo. Por anos, Garrett protegeu os cidadãos de Hub City como seu herói.

Eventualmente, ele acabou encontrando um jovem mago da ciência chamado Ted Kord e após alguns eventos adversos isso acabou levando à sua morte. Acontece que Jarvis, o tio de Ted, era um cientista louco que, assim como grande parte dos cientistas loucos, tinha delírios de dominação mundial. Embora Garrett tenha sido capaz de ajudar Ted a parar seu tio, ele foi ferido e deixado para morrer. Mas antes de sucumbir aos ferimentos fatais, ele fez Ted prometer continuar com o manto do Besouro Azul.

Por fim, a DC adquiriu os direitos do herói nos anos 80, estreando em “Secret Origins #2”, no qual sua origem foi recontada no título, junto com a de Ted Kord.

O LEGADO CONTINUA COM TED KORD

Ao contrário do seu antecessor, Ted Kord não conseguia acessar o poder do Escaravelho. Devido a este fato, o herói foi forçado a compensar suas habilidades por meio da tecnologia. Usando o superpoder de ser muito rico, o segundo Besouro Azul tentou replicar os poderes de Garrett e utilizava as artes marciais e a ciência no lugar do artefato. No final das contas, Ted não chegou a se igualar ao Besouro “original” e parte disso também se devia ao seu problema cardíaco.

Apesar de ter suas próprias histórias, ele era visto pela maioria da comunidade de heróis como alguém inferior. Porém, mesmo assim, ele foi integrado à Liga da Justiça e atuou ao lado do seu grande amigo, o Gladiador Dourado.

O tempo de Ted Kord como o Besouro Azul, assim como o de Garrett, terminou em uma tragédia. Durante os eventos de ‘Contagem Regressiva Para Crise Infinita’ , ele provou seu valor como herói ao descobrir uma conspiração global liderada pelo seu ex-amigo, Max Lord. Kord teve então que fazer uma escolha difícil, se aliar ao vilão ou enfrentar seu ex-aliado, que posteriormente foi baleado na cabeça.

Kord é uma criação de Steve Ditko e apareceu pela primeira vez em ‘Captain Atom #83’, em 1966.

JAIME REYES, O TERCEIRO BESOURO AZUL

Jaime Reyes é um jovem de descendência mexicana, o atual Besouro Azul e certamente é com ele que os fãs mais recentes estão familiarizados. Ele acidentalmente encontrou o Escaravelho durante o caos causado por vários eventos de destruição da Terra, onde o mecanismo acabou voando até El Paso, no Texas.

Ao levar o artefato brilhante para casa, o Escaravelho acabou rastejando silenciosamente sobre Jaime enquanto ele dormia, aderindo à sua coluna. Completamente sem saber o que havia lhe acontecido, coube ao Gladiador Dourado, que era um antigo amigo de Ted Kord, informar o garoto que sua vida nunca mais seria a mesma.

Usando seu conhecimento ilimitado sobre o futuro, o Gladiador Dourado acabou recrutando Jaime para ajudar em uma missão da Liga da Justiça. Os poderes alienígenas aprimorados de Jaime excediam os de Garrett e foi justamente por causa deles que a Liga conseguiu sua vitória. Essa foi então a primeira aventura de Jaime como o terceiro Besouro Azul.

Como citado no início deste texto, acreditava-se que o Escaravelho seria um artefato místico, porém com o tempo, foi descoberto que se tratava de uma tecnologia extremamente avançada, oriunda de uma raça de alienígenas conquistadores de mundos. Em vez de desperdiçar exércitos para lutar e conquistar, a raça chamada Reach enviava Escaravelhos para planetas que eles esperavam colonizar como parasitas altamente tecnológicos.

Depois de se conectar ao seu hospedeiro, o Escaravelho acabava reescrevendo o DNA de sua vítima e apagando sua mente. Embora recebesse diversos poderes, eles seriam apenas ferramentas usadas para subjugar seus próprios planetas. No entanto, durante os muitos séculos que o Escaravelho passou na Terra, ele acabou se danificando e ao invés de influenciar Jaime, acabou ocorrendo o oposto, conferindo traços de humanidade ao Escaravelho. Agora, ele não tem mais o objetivo de conquistar nosso planeta, mas sim ajudar na sua proteção.

O personagem foi criado por Keith Giffen, John Rogers e Cully Hammer, aparecendo pela primeira vez em ‘Infinite Crisis #3’, em 2006. Em meados de 2011 ele ganhou sua própria publicação solo.

Recentemente um filme sobre o herói foi confirmado, tendo Angel Manuel Soto na direção do longa e Zev Foreman como produtor executivo. (Detalhes aqui).

Sobre Lucas

Sou publicitário formado pela UFSM, mestre e doutorando em comunicação pela UFSM também. Fora isso, apenas alguém apaixonado pelo mundo nerd.

Últimas notícias