Batman: Three Jokers chegou ao fim nos EUA com a publicação da edição #3. O autor Geoff Johns não apenas encerra a história mas também abre as portas para uma nova era envolvendo Batman/Coringa, revelando uma grande reviravolta na trama sobre a origem do Coringa, que terá potencialmente grandes ramificações para futuras histórias na editora.

Alerta de spoilers de Batman: Three Jokers abaixo!

A história apresenta a premissa de que existem três versões inexplicavelmente diferentes do Coringa no universo DC:

  1. O Criminoso – A versão clássica de Coringa que era mais séria, focado no sucesso de seus planos criminosos.
  2. O Palhaço – A versão posterior do Coringa, uma proposta mais demente e sádica de um palhaço infantil.
  3. O Comediante – A versão niilista do serial killer, que é uma força do caos que rivaliza com a pressão do Batman pela lei e pela ordem.
.

Ao estabelecer que esta versão de Coringa é a oficial, Geoff Johns tem aproveitado histórias como “A Piada Mortal” de Alan Moore como a versão definitiva de Coringa no cânone atual do Universo DC. Isso inclui a história de origem dele ser um comediante fracassado, que entrou no crime com a gangue do Capuz Vermelho para conseguir dinheiro e sustentar sua esposa grávida. Quando sua esposa morre em um incêndio, o assalto do Coringa (e ao cair em um tanque químico) provou-se inútil – criando a “piada” que quebra o cérebro do comediante, criando esse furacão de dor e loucura que representa Coringa.

O mistério de “Three Jokers” mostra Batman, Batgirl e Capuz Vermelho investigando os três Coringas que estavam raptando cidadãos comuns e transformando-os em ‘Novos Coringas’ usando um terrível banho químico. O propósito desse empreendimento sempre foi incerto – pelo menos até o final da história. Em “Batman: Three Jokers #3”, o Comediante acaba matando o Criminoso (o Capuz Vermelho matou o Palhaço na primeira edição) e se estabelecendo como o único Coringa.

A última edição de “Batman: Three Jokers” foi lançada recentemente nos EUA e ainda não há previsão de chegar ao Brasil.
.
Artigo adaptado: [ComicBook.]

Sobre Willyan

Willyan Bertotto

Publicitário. Diretor de Arte, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

Últimas notícias