Provavelmente, o primeiro nome que vem a sua cabeça quando lê Batgirl é Bárbara Gordon. Mas a personagem não é a única que já usou o nome e uniforme da heroína para combater o crime de Gotham ao lado do Batman e da Batfamília. Então conheça todas que já vestiram o manto da Batgirl!

Betty Kane

Mary Elizabeth Kane, mais conhecida como Betty Kane, foi a primeira personagem a vestir o manto da heroína, em 1961. Ela é sobrinha da Kathy Kane, a Batwoman original, e seu nome heroico escrevia um pouco diferente: Bat-girl. Ela foi criada para ser um interesse amoroso do Robin, tanto que seu uniforme era parecido com o dele.

Depois de um tempo, ela assumiu o nome de Labareda, e até fez parte dos Novos Titãs da Costa Oeste. Mas depois da Crise nas Infinitas Terras, ficou estabelecido que Betty nunca foi Batgirl antes, que ela “sempre” foi a Labareda.

Bárbara Gordon

Em 1965, os editores decidiram sumir com os integrantes da Batfamília, e deixar apenas o Batman nas histórias. Mas com o sucesso da série de TV do herói de 1966, eles trouxeram os parceiros do Homem Morcego de volta, incluindo a Batgirl. A personagem foi toda repaginada, desde o nome, a identidade secreta, até o uniforme, e, em 1967, Bárbara Gordon ganhou sua vez.

Sua estreia foi na revista Detective Comics #359, na história “The Million Dollar Debut of Batgirl!”, onde ela ajuda o Batman a lutar contra o vilão Mariposa Assassina, e, até 1988, ela foi a Batgirl. Sua carreira como vigilante foi interrompida depois de levar um tiro do Coringa e ficar paraplégica.

Mas, como todos devem saber, ela não se deixou vencer e assumiu o codinome de Oráculo. Bárbara ficou especialista no mundo virtual, e ajudando seu pai, comissário Gordon, e outros heróis a combater o crime, chegou a fazer parte de várias equipes, como a Liga da Justiça.

Nas outras mídias, como filmes e séries, a Batgirl sempre foi Bárbara. Inclusive, vem filme da heroína por aí e já tem atriz se candidatando para o papel principal!

Cassandra Cain

Para assumir o “cargo” que ficou vago depois de Bárbara ficou paraplégica, uma nova Batgirl foi introduzida nas histórias: Cassandra Cain.

A garota é filha de David Cain e Lady Shiva, e foi treinada desde pequena pelo pai para se tornar uma assassina, e futuramente a guarda-costas do Ra’s’ al Ghul. Por conta desse treinamento incansável, ela acabou não desenvolvendo direito a fala, se comunicando por gestos e palavras simples.

Quando chegou o dia de provar suas habilidades ela teve que matar um empresário, mas arrepende-se logo em seguida e foge para Gotham. Lá, Bárbara Gordon encontra e acolhe a menina, e, junto com o Batman, eles a treinam para se tornar a nova Batgirl, que faz sua estreia em 1999.

Helena Bertinelli

A primeira heroína que Helena se tornou é Caçadora, que foi apresentada em 1989 em sua própria revista. A personagem teve uma infância igual a de Bruce Wayne, presenciando a morte dos próprios pais. Mas ela jurou vingança, e se treinou a vida toda para isso.

Durante a saga Terra de Ninguém, depois que Bruce some e Cassandra Cain deixa de ser a Batgirl, Helena assume o nome e o uniforme, e descobre que, como Batgirl, impõe mais medo e respeito do que como Caçadora. Mas, assim que Bruce volta, ele avisa a personagem que não gosta de seus métodos, e, depois de falhar em uma missão, recolhe o uniforme dela.

Stephanie Brown

A personagem chegou a ser três heroínas. Começou como Salteadora, para capturar seu pai, um dos inimigos de Batman, o Mestre das Pistas. Depois que Tim Drake teve que abandonar o cargo de Robin por conta de seu pai, Steph assumiu o lugar dele, com autorização do próprio Batman, que depois voltou atrás.

Mas quando Cassandra Cain, a atual Batgirl, teve problemas pessoais e teve que deixar o manto, ela entregou para sua amiga, Steph, que assumiu o título com a Oráculo e o Batman de acordo com isso. Ela ficou como Batgirl até os Novos 52, quando retornou como Salteadora, mas, em Convergência, ela é forçada pelos acontecimentos a voltar a ser a Batgirl, e trabalhar com Cassandra e Tim Drake.

Charlotte Gage-Radcliffe

Ela foi a sexta personagem a ser a Batgirl, mas sua história com o manto foi breve. Em Birds of the Prey #96, de 2006, Oráculo descobre que tem uma nova Batgirl em Gotham, usando um uniforme muito parecido com que ela mesma usava quando era a heroína.

Canário Negro e Caçadora vão investigar, e descobrem que Charlie é uma meta-humana com super-força, regeneração rápida e capacidade de se teleportar. Bárbara consegue convence-la a não usar mais o uniforme nem o nome, e ela passa a se chamar Marginal.

De acordo com Gail Simone, escritora da HQ, o lançamento de Novos 52 atrapalhou a história de Charlie, que seria aprofundada e explicada. era uma princesa da Casa Rubí, nascida no Mundo de Cristal, e que foi lançada à Terra após seus pais serem assassinados para escondê-la dos assassinos de seus pais.

Qual sua Batgirl preferida? Conta pra gente o que você mais gosta nela!

Sobre Gabriela

Gabriela Orsini

Jornalista formada na PUC-SP, fotógrafa por paixão, e bailarina por teimosia. Apaixonada pela DC desde pequenina, fangirl do Batman e da Batgirl. E da Ravena, como não ser. Sou uma devoradora de livros e cinéfila até que se prove contrário. Objetivo de vida: tirar uma foto decente com o Jason Momoa (um deles, apenas). Sonho de vida: conhecer todos os países do mundo.

Últimas notícias