Conforme artigo do THR, Warner e DC estão em busca de um diretor negro para comandar o novo filme do Superman, protagonizado por um personagem negro. Barry Jenkins, Steven Caple Jr., JD Dillard, Regina King e Shaka King são possibilidades para assumir a direção. O filme é escrito pelo roteirista Ta-Nehisi Coates e terá a produção de J.J Abrams.

Não se espera que Coates entregue seu roteiro do Superman até meados de dezembro. O estúdio considera como fundamental estabelecer um novo tom com o lançamento da próxima franquia do Superman. Essa é considerada a chave para o futuro dos filmes da DC na Warner Bros.

A DC vê em “The Flash”, que começou a ser produzido em abril em Londres, como o caminho a seguir neste mundo pós era Zack Snyder. Com a inclusão de personagens como Supergirl (Sasha Calle) e do Batman de Michael Keaton, ‘The Flash’ fará a reconfiguração do multiverso DC que permitirá que muitas dessas encarnações e universos de história coexistam e tenham seus super-heróis interagindo. Até agora, todos os filmes e programas de TV, com exceção de “The Batman” de Matt Reeves, estrelado por Robert Pattinson e com lançamento previsto para março, a série spinoff do Departamento de Polícia de Gotham da HBO Max e o filme ‘Coringa’, não acontecerão no mesmo universo cinematográfico.

O site indica também que uma sequência do filme ‘Coringa’ está em desenvolvimento.


O filme do Superman parece estar avançando no seu próprio caminho e não fará parte do universo a partir de agora. Fontes dizem ao site THR que Coates está elaborando um Kal-El nos moldes dos quadrinhos originais do Superman e fará com que o protagonista venha de Krypton para a Terra. Embora a história esteja sendo elaborada e muitos detalhes possam mudar, uma opção considerada é que o filme ocorra no século XX.

Os novos rumos do estúdio para o universo cinematográfico vem após o lançamento de “Liga da Justiça Snyder Cut” e as denúncias de Ray Fisher sobre atitudes racistas de Geoff Johns e Joss Whedon nos bastidores de gravações do filme.

E agora, diversidade e representação parecem ser os principais motores de avanço do universo DC para o futuro. A Warner está desenvolvendo um filme latino do ‘Besouro Azul’ com Angel Manuel Soto na direção e a HBO Max está escalando um personagem gay na série ‘Lanterna Verde’. O Arrowverso da The CW está prestes a receber sua segunda série protagonizada por uma heroína negra com ‘Naomi’ de Ava DuVernay (‘Batwoman’ também tem uma protagonista negra, Javicia Leslie).

Quanto a J.J Abrams, ele fechou um contrato de $ 500 milhões com a WarnerMedia em setembro de 2019, e ainda terá muita influência no universo DC. Com a saída de Zack Snyder, J.J terá agora uma maior pegada nesses projetos enquanto supervisiona o universo de Liga da Justiça Sombria para filmes e TV. Entre os rumores de novas produções está uma reinicialização de “Constantine” na HBO Max.

Via: [THR].

Sobre Willyan

Publicitário. Diretor de Arte, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

Últimas notícias