Quando Diana deixou o paraíso da ilha de Themyscira para intervir no mundo dos homens, não poderia mais voltar para casa, junto de suas irmãs Amazonas. Mas nós, como espectadores, iremos voltar para ilha em Mulher-Maravilha 1984.

Segundo divulgação da Empire, a sequência do filme de 2017 trará flashbacks da vida em Themyscira, onde poderemos ver mais da criança Diana e os Jogos Olímpicos das Amazonas. 

A diretora Patty Jenkins afirmou amar como os Jogos Olímpicos irão retratar as Amazonas e como é a celebração do primeiro filme, e completa:

“Aqui estão essas pessoas que são incrivelmente poderosas e capazes, mas diferentes na maneira como abordam as coisas. Se você treinou por centenas de anos por causa de uma invasão iminente, estará trabalhando constantemente em todos esses conjuntos de habilidades. Então, para mim, todos os anos, eles tinham essas Olimpíadas para ver quem está fazendo o melhor em cavalos ou nadando mais rápido, e vendo novos truques que as pessoas descobriram. ”

Mesmo que Diana adulta não volte a Themyscira, há esperança de a vermos na ilha de outra forma. Jenkins mencionou que uma série animada focada nas Amazonas está sendo considerada, assim como um filme derivado “parte da história mundial da Mulher-Maravilha “. E a diretora já tem ideias para um terceiro filme da Mulher-Maravilha com Gal Gadot . “Você está gostando do filme que está fazendo e também refletindo sobre o que poderia ser diferente ou melhor no mundo [real]. E, portanto, que história você quer contar ”, diz ela. “Essa é a melhor coisa para mim sobre histórias de super-heróis. Você é capaz de ter um diálogo sobre o que um herói seria agora. Então, sim, tenho ideias para o que gostaria de fazer e Gal também.”

Mulher-Maravilha 1984 tem previsão de estreia para o dia 1º de outubro de 2020.

Sobre Rebeca

Rebeca Vilas Boas

Uma deusa, uma louca, uma feiticeira.

Últimas notícias