Se tem um filme que é unanimidade entre os DCnautas é Mulher-Gato. No caso todos acham ele péssimo, tanto que o filme teve 7 indicações ao Framboesa de Ouro em 2005, sendo “agraciado” com 4 prêmios, entre eles o de Pior Atriz para Halle Berry. A atriz fez questão de retirar o prêmio e discursar, agradecendo a equipe do filme por tirá-la do topo de sua carreira (Halle havia ganho o Oscar de Melhor Atriz em 2002) para colocá-la no seu pior momento.

Halle Barry ganhando o Framboesa de Ouro, momento definido por ela mesma como um dos piores de sua carreira

Porém a história poderia ter sido um pouco diferente. Está rolando no twitter a hashtag #ShareYourRejection, onde vários roteiristas e produtores estão compartilhando dezenas de projetos que foram rejeitados pelados cartolas de Hollywood. Dentre eles está o projeto de John August para Mulher-Gato.

John é conhecido por roteirizar Peixe Grande e suas Histórias Maravilhosas e está participando da adaptação live action de Aladdin. A história começa com o mega sucesso que foi Batman: O Retorno. De olho no sucesso da franquia, a Warner começou a desenvolver um spin-off que traria Michelle Pfeiffer novamente no papel de Selina Kyle e tinha Tim Burton e Daniel Waters no projeto. Porém não foi pra frente com a recepção fria de Batman Eternamente. Mas a Warner não desistiu do projeto e chamou John para apresentar suas ideias.

Michelle Pfeiffer, a Mulher-Gato definitiva

O roteirista pensou sua história colocando a Mulher-Gato no Halloween, e começava com a vilã caindo de um prédio e não teria mais seus poderes e perderia sua identidade. Acontece que na apresentação do projeto para os executivos, eles não só rejeitaram a história como insistiram que no lugar de Michelle Pfeiffer, quem deveria ser a Mulher-Gato era Sarah Michelle Gellar (que fazia sucesso na época com a série Buffy: A Caça Vampiros) e que deveria ter uma cena com ela lavando seus cabelos.

Esse é apenas um dos milhares de exemplos de como os executivos de Hollywood colocam suas visões limitadas acima da criatividade de pessoas do ramo. O resultado, todos nós já sabemos…

Sobre Rodolfo

Rodolfo Monteiro

Formado em Contabilidade, mas Nerd de coração e alma. Colecionador de gibis desde 1996, amante da DC desde Batman Returns. Sempre buscando conhecer mais sobre a nona arte!

Últimas notícias