O filme da Mulher-Gato com a atriz Halle Berry no papel principal foi rejeitado pelo público e crítica, e agora até mesmo por um de seus roteiristas, 14 anos depois.

O escritor John Rogers respondeu a um tweet que perguntava porque Michelle Obama e outras pessoas não consideram que o filme da Mulher-Gato seja representativo.


Como um dos escritores creditados em Mulher-Gato, eu acredito que tenho a autoridade de dizer: porque foi um filme ruim jogado pelo estúdio no final de um ciclo de estilo, e tinha zero relevância cultural na frente e atrás das câmeras.

Essa foi uma interpretação ruim. Sinta vergonha.

Nas menções do tweet, Rogers ainda afirmou que o filme passou por “entre seis e doze escritores diferentes”, e comenta alguns aspectos do filme que não foram criados por ele.

O filme da Mulher-Gato foi lançado em 2004.

Sobre Willyan

Willyan Bertotto

Publicitário. Diretor de Arte, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

Últimas notícias