O projeto do filme Liga da Justiça Sombria é algo que parece não sair do papel. Anunciado pela primeira vez em 2012, o filme traria Guillermo del Toro como diretor e roteirista. O que seria uma escolha muito feliz dado ao estilo de Del Toro, conhecido por filmes como Labirinto do Fauno, e do mundo dos quadrinhos Hellboy e Blade. Porém ficou só na promessa.

Após dois anos trabalhando no roteiro, Del Toro deixou o projeto para trabalhar no longa Pacific Rimo que não significou muita coisa, já que também deixou o projeto que foi assumido por Steven DeKnight.

Nos anos seguintes, outros nomes foram cotados para assumir Liga da Justiça Sombria: Doug Liman, Andres Muschietti, Damian Szifron e, mais recentemente, Gerald Johnstone, todos sem sucesso. Parece até que o filme sofre alguma maldição.

Mas uma coisa é certa, Del Toro seria perfeito para a temática que envolve a Liga.  Quando perguntado se os fãs podem vê-lo fazer outro filme de quadrinhos, respondeu:

“Quando fizemos filmes de [quadrinhos] eu estava fazendo isso porque esses filmes eram escassos e – pensei – uma raridade! Hoje é diferente. Eu também sou diferente. Eu acho que meu interesse está em outro lugar. Eu ainda gosto dos filmes do grande público, porque eu ensaio uma grande quantidade de coisas que são úteis para os filmes menores, e é divertido tirar férias alternativas de cada modo de direção”.

Infelizmente Liga da Justiça Sombria continua sem data de lançamento. Mas o DCEU continua crescendo, com as estreias de Aquaman, em 21 de dezembro de 2018, Mulher-Maravilha 2, em 1 de novembro de 2019, Shazam, em 5 de abril de 2019, Cyborg, em 2020 e Tropa dos Lanternas Verdes, em 2020.

Sobre Rebeca

Rebeca Vilas Boas

Uma deusa, uma louca, uma feiticeira.

Últimas notícias