Durante um evento de imprensa divulgando seu novo filme Free Guy, o ator Ryan Reynolds, o protagonista do filme ‘Lanterna Verde’ de 2011 , se abriu sobre as piadas envolvendo a produção da DC e que ele frequentemente faz.

“Acho que é mais sobre rir de mim mesmo, não rir de outras pessoas, necessariamente que estão envolvidas em um projeto.”, disse Reynolds. “Mas rindo de mim e da minha própria contribuição para esse fracasso ou como você quiser chamar. Foi algo que achei que valia a pena explorar, sabe? E ao examiná-lo, você pega essa energia que é tipo; talvez seja prejudicial ou talvez seja algo que está arrastando você para baixo – e você acaba criando uma espécie de Judô mental com ele. Você está usando sua energia contra ele e criando algo positivo a partir disso.”

A piada mais popular sobre o filme foi em Deadpool, quando Wade Wilson pediu que seu super terno não fosse “verde ou animado”. A piada foi criação do próprio Reynolds.

“Eu escrevi no roteiro de Deadpool, onde meu personagem diz algo como: ‘Por favor, não faça esse terno verde ou animado’, quando ele está sendo empurrado para a fábrica de super-heróis ou qualquer outra coisa.”, explicou Reynolds. “E eu notei que era bom brilhar uma luz sobre isso por um segundo. Então, eu não sei, é apenas algo que eu sempre fiz, mas a coisa mais significativa que já aconteceu na minha carreira é rir de mim mesmo sempre. Tipo, desde o início do trabalho. E há muito lá para rir… Todo mundo tem o seu próprio momento, você deita na cama à noite e você pensa, ‘Oh Deus, essa coisa que eu fiz foi tão horrível, boba ou ridícula.’ Eu acho que tem esse combustível para muitas coisas.”

O novo filme de Ryan Reynolds, Free Guy, está programado para chegar aos cinemas no dia 11 de dezembro de 2020.

Via: [ComicBook]

Sobre Willyan

Willyan Bertotto

Publicitário. Diretor de Arte, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

Últimas notícias