De acordo com uma nova entrevista do The New York Times, o presidente da DC Filmes, Walter Hamada, revelou alguns detalhes sobres os planos da DC para o streaming. Entre as propostas, está programado para envolver mais spin-offs de filmes populares da DC.

A DC Filmes “trabalhará com cineastas para desenvolver desdobramentos de filmes — séries de TV que serão exibidas na HBO Max e se interconectarão com suas produções nas telonas”. A proposta é a mesma como a série “Peacemaker”, spin-off do filme “O Esquadrão Suicida” e a série de Matt Reeves sobre a polícia de Gotham, spin-off de “The Batman”.

“A cada filme que estamos vendo agora, estamos pensando: ‘Qual é o potencial spin-off na HBO Max?'” Hamada explicou.

Sobre o universo cinematográfico, Hamada acredita que o público é “sofisticado” o suficiente para entender o conceito de multiverso, algo que permite ao estúdio trazer várias versões de super-heróis da DC Comics para as telas — ao mesmo tempo, ou no mesmo filme.

Esse será o caso em The Flash, onde o velocista (Ezra Miller) encontrará o Batman de seu mundo (Ben Affleck) e um Cavaleiro das Trevas de outra dimensão (Michael Keaton). Hamada revela que mais um Bruce Wayne (Robert Pattinson) existirá em uma nova Terra fora do Universo Estendido DC em “The Batman”, que estará separado ainda da realidade de Arthur Fleck (Joaquin Phoenix) no filme solo do Coringa.

“Acho que ninguém nunca tentou isso”, disse Hamada ao The New York Times. “Mas o público é sofisticado o suficiente para entender. Se fizermos bons filmes, eles vão com ele.”

Parte do artigo descreve que a DC Filmes planeja lançar dois filmes por ano exclusivamente na HBO Max, com o texto sugerindo que talvez possam ser filmes “focados em personagens mais arriscados como Batgirl e Super-Choque”.

Claro, não há nenhuma informação oficial sobre isso, especialmente porque essa parte do artigo não cita Hamada diretamente. Mas ainda assim, a menção de ambos os filmes em particular – especialmente quando a DC tem inúmeros outros filmes nos planos – é algo bastante interessante.

O filme solo da Batgirl está em andamento há vários anos, com Joss Whedon inicialmente cotado para escrever e dirigir o projeto, porém desistindo meses depois. Christina Hodson, que escreveu tanto “Aves de Rapina” quanto o filme solo do Flash, está trabalhando com o roteiro da Batgirl desde abril de 2018 e nenhuma atualização oficial foi anunciada recentemente.

Super-Choque, entretanto, foi anunciado que está em desenvolvimento em outubro deste ano, com Michael B. Jordan como o responsável para produzir o projeto.

Hamada também comenta que o estúdio não visualiza nenhuma continuação para o antigo universo DC liderado por Zack Snyder.

O texto chega a descrever Liga da Justiça Snyder Cut como uma “rua sem saída”: 

“Pelo menos por enquanto, Snyder não é parte do planejamento da DC Filmes, com executivos do estúdio descrevendo o projeto como um cul-de-sac narrativo – uma rua que leva ao nada”. disse Hamada.

“Liga da Justiça Snyder Cut” chegará na HBO Max em março de 2021.

Sobre Willyan

Publicitário. Diretor de Arte, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

Últimas notícias